MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

quinta, 14 de novembro de 2019

No Ar com Igor Matheus

Flamengo: Quanto mais o povo seca, mais eles avançam

Por: Igor Matheus 14/11/2019 às 16:53
ComentarCompartilhar

Na noite de ontem (23), o Flamengo atropelou sem benevolência a equipe do Grêmio - do falastrão Renato Portaluppi, o "Gaúcho" -, com a impressionante marca de 5x0, num Maracanã majoritariamente avermelhado e arrepiante.

Após 38 anos, o time comandado pelo "portuga" Jorge Jesus, os rubro-negros chegam a final de uma Taça Libertadores da América. A última vez foi em 1981, ano em que conquistou o título continental e o mundial.

Falar do Flamengo atual, é falar de um futebol amarrado e muito bem comandado pelo técnico Jorge Jesus (o"Mister"), que soube, com maestria, impor ritmo e disciplina a equipe - numa época em que o estrelismo desenfreado provoca egos altamente inflados e inflamados a inúmeros jogadores -, gerando um forte grupo batalha e incansável na conquista de bons resultados. E eles estão aí: liderança absoluta no Brasileirão (64 pontos) e a oportunidade de abocanhar uma nova libertadores e, quiçá, um mundial.

Precisamos ter bom senso e reconhecer o talento desta equipe e de seu treinador em integra-la e fazê-la produtiva. Os investimentos não foram poucos, rendendo um admirável "combo lucrativo" (financeiro + futebolístico).

Esta lamentável aversão de uma parcela dos treinadores brasileiros ao português de expressão sisuda e discreta, expressa o quão o futebol brasileiro é arcaico, não somente de técnica, mas de mentalidade. A postura defensiva e soberba de Renato Gaúcho ao "Mister", é uma evidência.

Jorge Jesus mostra que o rendimento do Flamengo é possível, não exclusivamente pela força do capital ($), mas, sobretudo, por uma filosofia diferenciada no entendimento e execução do futebol. Os demais precisam admitir os problemas que debilitam o futebol brasileiro e reagirem.

Se o Flamengo será campeão no dia 23 de novembro contra o River Plate da Argentina, é impossivel afirmar com 100% de precisão, porém, devemos apoiar, independente de rivalidades clubistas nacionais, e enxergá-lo como o Brasil na final de uma importante competição. Torcer que seja campeão e traga a alegria da taça não apenas a sua torcida, mas ao país.

Inegavelmente, a impressão visível é que quanto mais o povo tenta "secá-los", mais eles avançam e obtém progressos. 

Com ou sem Libertadores, o time do ano, já é o Flamengo. 

Por hoje é só!!

Obrigado pela sua audiência e até a próxima!

"Com fé, trabalho e esperança, tudo se alcança". 

 

Igor Matheus - ator, jornalista e radialista.

Deixe seu Comentário

TV MS

30 de outubro de 2019
Árvores plantadas na nova 14 de Julho darão frescor ao Centro

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma