COPA DOS SERVIDORES

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

domingo, 15 de setembro de 2019

Cetremi

Ação da prefeitura leva serviços socioassistenciais para pessoas acolhidas no Cetremi

Por: PMCG13/09/2019 às 16:09
ComentarCompartilhar

A prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, promoveu nesta sexta-feira (13), no Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante, a ação “Construindo um elo de Harmonia”, cujo objetivo foi de proporcionar aos usuários da unidade, que além dos migrantes e imigrantes acolhe também a população em situação de rua da cidade, a oportunidade de realizar encaminhamentos e serviços no que se refere às políticas públicas de reinserção e autonomia do sujeito.

Durante toda a manhã foram oferecidos serviços socioassistenciais na área de saúde (medica e odontológica), coleta de material de exames (teste rápido) e vacinas, serviços de emissão de documentação, cadastro social (CadÚnico) e  orientação sobre beneficio, NIS, cadastro para vaga de emprego e encaminhamentos ao mercado de trabalho, saúde, esporte, lazer, entretenimento, orientação jurídica, oficinas de embelezamento,  cultura, direitos humanos e encaminhamentos às demais políticas públicas.

IMG_7652 (Copy)O prefeito Marquinhos Trad, que participou das atividades ao lado da vice-prefeita Adriane Lopes, aproveitou a ocasião para destacar o empenho dos funcionários que realizam o atendimento direto ao público assistido pelo Cetremi.

“Desejo que vocês tenham força e superação para que possam vencer e colher as vitórias pelo atendimento e dedicação que essa equipe tem com as pessoas que aqui chegam. Essas vitórias vocês podem não colher aqui na terra, mas certamente irão colher no Reino dos Céus”.

O representante da Comissão dos Direitos Humanos da OAB, Cleronio Nobrega, também falou do atendimento que hoje é oferecido no Cetremi.

“Esse é um trabalho invencível porque desde a época de Cristo existem moradores de rua e eles nunca vão deixar de existir, sendo assim, esse é um trabalho incansável e que jamais terminará. Porém, eu posso dizer que aqui em Campo Grande está o melhor atendimento feito ao morador em situação de rua. Tenho conhecimento de como funcionava e como funciona hoje, além de ter procurado saber do serviço em outros estados, o que me permite elogiar o trabalho e dizer que o nosso aqui é melhor. E, esse trabalho só é possível porque acima dessas pessoas que realizam esse atendimento nas ruas, existe uma instituição, um prefeito e secretários que os apoiam e que fazem acontecer”.

O defensor público-geral do Estado de Mato Grosso do Sul, Fábio Rogério Rombi da Silva fez coro às palavras do representante da OAB e elogiou a IMG_7621 (Copy)melhora nos serviços prestados no Cetremi.

“Faz parte do nosso papel muitas vezes ir até a porta do judiciário reclamando algumas vezes até em desfavor do Município mas, é um dever da nossa parte, por outro lado, reconhecer o quanto Campo Grande evoluiu num curto espaço de tempo, graças a uma nova visão do senhor prefeito e da senhora vice-prefeita e todo o seu corpo técnico, quem tem se doado principalmente na questão das pessoas que estão em situação de rua. Se ainda não é o ideal buscado pelos técnicos – que bem sabem que para atingir esse patamar naturalmente demandará de recursos e tempo – podemos dizer, com certeza, que melhorou e melhorou muito em relação ao que estava sendo oferecido. Então, por isso, é o nosso dever reconhecer todo esse trabalho”.

A ação, realizada pela Superintendência da Proteção Social Especial da SAS, contou com a parceria de órgãos estaduais, municipais e da iniciativa privada. De acordo com a superintendente Tereza Miglioli, a iniciativa está em consonância com as diversas demandas pertinentes ao atendimento, triagem e orientação do cotidiano deste público em comum, tendo em vista a vulnerabilidade social.

Para o titular da SAS, José Mário Antunes, todas as pessoas envolvidas no trabalho da Assistência Social de Campo Grande cumprem uma missão importante e, no caso do Cetremi, o trabalho que vem sendo realizado nos últimos três anos tem conseguido atingir o objetivo da pasta, que é o resgate da dignidade humana.

“A situação dessas pessoas que passam pelo Cetremi é momentânea e a prefeitura não tem poupado esforços para promover a reinserção desse público na sociedade. Muitos são os parceiros envolvidos neste trabalho e que vêm somar conosco nesta busca do resgate e reconstrução de vidas. A ação de hoje pretende levar ao conhecimento dessas pessoas os seus direitos que muitas vezes elas nem sabem que têm”.

Deixe seu Comentário

TV MS

16 de agosto de 2019
Após 30 anos de espera região Norte da Capital recebe asfalto

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma