TIC TAC
quinta, 15 de novembro de 2018

Novas regras

Águas Guariroba terá que obedecer a novas regras na hora de cortar o fornecimento de água

Por: Kiohara Schwaab08/11/2018 às 15:56
ComentarCompartilhar

Projeto de Lei que visa estabelecer limitações ao corte do serviço de fornecimento de água foi aprovado na manhã desta quinta-feira (8), pela Câmara Municipal de Campo Grande. Se aprovado pelo Prefeito, águas guariroba terá que cumprir as novas regras.

De acordo com o projeto, o corte, suspensão ou a interrupção do serviço não poderão ser efetuadas nos dias que não haja normal expediente bancário, por qualquer razão, bem como aos dias precedentes a estes. A empresa também deverá notificar o usuário em até 30 dias antecedentes.

O vereador Dr Antônio Cruz ficou feliz com a aprovação por unanimidade na Casa. “Por mim esse Projeto poderia ser assinado pela Casa. Estamos ajudando várias famílias que muitas vezes tem a água suspensa por causa de um dia de atraso”, declara.

O vereador Odilon de Oliveira também assinou junto o projeto porque, segundo ele, entende a importância de regularizar essa situação. “Eu caminhei por diversos bairros e ouvi já muitas reclamações sobre como é feito o corte da água”.

Projeto de Lei que visa estabelecer limitações ao corte do serviço de fornecimento de água foi aprovado na manhã desta quinta-feira (8), pela Câmara Municipal de Campo Grande. Se aprovado pelo Prefeito, águas guariroba terá que cumprir as novas regras.

De acordo com o projeto, o corte, suspensão ou a interrupção do serviço não poderão ser efetuadas nos dias que não haja normal expediente bancário, por qualquer razão, bem como aos dias precedentes a estes. A empresa também deverá notificar o usuário em até 30 dias antecedentes.

O vereador Dr Antônio Cruz ficou feliz com a aprovação por unanimidade na Casa. “Por mim esse Projeto poderia ser assinado pela Casa. Estamos ajudando várias famílias que muitas vezes tem a água suspensa por causa de um dia de atraso”, declara.

O vereador Odilon de Oliveira também assinou junto o projeto porque, segundo ele, entende a importância de regularizar essa situação. “Eu caminhei por diversos bairros e ouvi já muitas reclamações sobre como é feito o corte da água”.

Deixe seu Comentário
Grupo de Teatro em Campo Grande - MShttps://www.facebook.com/grupoteatralfaltaum/

TV MS

04 de novembro de 2018
Entrevista - Alessandra Maestrine e Mirna Rubim falam sobre o espetáculo 'O Som e a Sílaba'

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 3305.4739
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma