CADA VEZ MELHOR PM. NOVA ALVORADA

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

ANIVERSÁRIO PMCG BARTZ LED
sbado, 24 de agosto de 2019

Semagro

Câmara técnica de conservação do solo e da água de MS ganha reforço da Semagro com entrega de veícul

Levantamento da Câmara auxiliará na resolução de ações de dano ambiental que estão sob a responsabilidade do TJ/MS para terem saída conciliatória

Por: Kelly Ventorim15/08/2019 às 16:18
ComentarCompartilhar

Dando andamento ao compromisso assumido com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul para a realização de um levantamento técnico sobre a questão do turvamento nas águas do município Bonito, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, entregou para a Câmara Técnica de conservação do solo e da água, na manhã desta quinta-feira (15.8), um veículo L200 Mitsubishi.

Segundo o Secretário Jaime, a Câmara técnica que foi formada visando atender um plano de conservação dos municípios de Bonito e Jardim, com foco principalmente as bacias dos Rios Formoso e Prata, já conta com um trabalho forte dos membros do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e Agraer e, com a entrega do veículo poderá realizar de forma mais adequada os trabalhos. “Junto com outas ações que já estão em andamento, como a disponibilização de maquinários das prefeituras e análise de todos os processos judiciais que estão em Bonito, junto com o Tribunal de Justiça, trabalhamos a manutenção da conservação da água e do solo e a integração harmônica e sustentável das atividades de agropecuária e de turismo naqueles municípios”.

O levantamento auxiliará na resolução de pelo menos 12 ações civis públicas de dano ambiental que foram agrupadas e estão sob a responsabilidade do desembargador Alexandre Bastos, para que se encontre uma saída conciliatória.

Pela denúncia, o plantio na região de Bonito e Jardim estão influindo na micro bacia do Rio da Prata, afetando sua qualidade, e o Ministério Público estadual indicou que deve haver uma solução integral do dano ambiental, pelas práticas de plantio sem a observância das curvas de nível e caixa de contenção, mas também do plantio e pastagem em áreas com utilização dos “drenos”, bem como de outros mecanismos potencialmente lesivos ao meio ambiental “ecologicamente equilibrado”, conforme a Constituição Federal.

Na oportunidade em que firmaram compromisso, o desembargador deixou claro que a Câmara pode atuar como agência reguladora, já que disponibilizará para o TJMS esclarecimentos técnicos oriundos de organismo misto. 

“Uma Câmara que tem em sua composição representantes da sociedade civil, da academia, das universidades e de segmentos como a produção, a indústria e a pesquisa, pode ser considerada o extrato da representação da sociedade, com real qualificação para tratar do assunto”.

A entrega contou com a participação do Secretário Jaime, além do Diretor Presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), André Nogueira, o Coordenador de Agricultura da Semagro, Fernando Nascimento e o técnico da Agraer de Bonito, Engenheiro agrônomo Paulo Sérgio Gimenes.

Deixe seu Comentário

TV MS

16 de agosto de 2019
Após 30 anos de espera região Norte da Capital recebe asfalto

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma