REVIVA PMCG COMPET

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

ASSEMBLEIA CONQUISTAS
quarta, 11 de dezembro de 2019

HUMANISTA

Depois de 34 anos juventude palestina volta a se reunir no Brasil

A psicóloga corumbaense Ashjad Sadique Adi participou do acontecimento histórico em Foz do Iguaçu

Por: REDAÇÃO05/08/2019 às 21:40
ComentarCompartilhar
Encontro da Juventude Palestina em Foz do Iguaçu, dia 26.07.2019Encontro da Juventude Palestina em Foz do Iguaçu, dia 26.07.2019Foto: Reprodução

Entre as centenas de homens e mulheres que foram a Foz do Iguaçu (PR) para participar ou assistir ao Encontro da Juventude Palestina estava a psicóloga Ashjad Sadique Adi. De uma família árabe radicada em Corumbá, onde nasceu, ela mora em Ribeirão Preto (SP) e dedica-se à profissão, pelo viés da afirmação social e humana, e a tudo que diz respeito às causas da Palestina, da liberdade e da autodeterminação dos povos.

Com esse suporte de ideais Ashjad se desdobra para atuar nas diversas frentes de luta e empoderamento humanista. É o caso desse encontro, no qual a jovem teve sua terra de origem e sua gente como elementos principais. Com a cobertura da Federação Palestina-Árabe Brasileira (Fepal), o evento, no Hotel Golden Park, aconteceu 35 anos após sua primeira edição.

A palestina Ashjan Sadique Adi. Foto:Reprodução/Arquivo pessoal.  

Mais de 200 jovens palestinos de 17 a 29 anos e que moram no Brasil se encontraram para, naqueles três dias, de 26 a 28 de julho, defenderem suas propostas e fortalecer as metas de luta, renovando bandeiras emblemáticas, entre as quais a autonomia árabe, a autodeterminação dos povos, o reconhecimento definitivo do estado palestino e o fim das agressões sionistas. Essas perspectivas foram enfatizadas na abertura do encontro, por um de seus organizadores, Yousef Amer, 19, da Sanaud [voltaremos, em árabe].

Yousef Amer afirmou: “Eu tenho um sonho: um dia, esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de sua crença. Que em Jerusalém os filhos de descendentes de palestinos, e seus filhos, poderão se sentar juntos na mesa da fraternidade”. Em seguida acrescentou: “Eu tenho um sonho que, um dia, até mesmo as terras de 1948, um lugar que transpira o calor da injustiça e da opressão, será transformado em oásis de liberdade e justiça”.


Ashjan Sadique Adi no Porto e Corumbá. Foto: Reprodução/Arquivo pessoal. 

Palestras, workshops, debates e outras atividades deram o tom do acontecimento, além da multiplicação de amizades e contatos entre descendentes e árabes e vários estados. O presidente das Fepal, Ualid Rabah, disse que viu ali a afirmação da história. “Há 34 anos, aqui mesmo em Foz do Iguaçu, tomei parte do primeiro encontro nacional da juventude palestina. Volto agora, na condição de presidente da Fepal, a organização geral de máxima representação desta diáspora palestino-brasileira”.  Outras autoridades prestigiaram o evento, como Emir Mourad e Fárima Ali, respectivamente o secretário-geral e a vice-presidenta da Confederação Palestina da América Latina e do Caribe (Coplac), e o ex-presidente da Fepal, Elayyan Aladdin.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

05 de dezembro de 2019
Sete bairros da Capital são beneficiados com entrega de UBS no Alves Pereira 

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma