MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

SEGOV AGILITÁ VÍTIMAS
tera, 22 de outubro de 2019

Editais

Editais com 145 bolsas de residência médica serão publicados até dezembro

Os profissionais selecionados vão participar de laboratório em que devem aprender até uso racional de medicamentos

Por: Campo Grande News17/09/2019 às 16:26
ComentarCompartilhar

Editais com 145 bolsas de residência médica e multiprofissional em Mato Grosso do Sul serão lançados entre novembro e dezembro deste ano. Estas vagas fazem parte de projeto fruto de parceria entre Ministério da Saúde e Fiocruz estadual, com incentivo de R$ 78,1 milhões.Os selecionados devem atuar em Unidades Básicas de Saúde da Família de Campo Grande. As informações são da a responsável pelo Escritório da Fiocruz em MS, Jislaine de Fátima Guilhermino.

Segundo ela, oficinas sobre o uso racional de medicamentos, compra de equipamentos, além de pesquisas sobre a qualidade dos atendimentos na atenção primária à saúde estão entre os objetivos do Laboratório de Inovação em Atenção Primária da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) que será lançado em Mato Grosso do Sul.

Ainda segundo Jislaine, o nível de satisfação dos usuários do SUS e dos profissionais que trabalham na rede será avaliado. “No final das contas, o objetivo é melhorar o atendimento, especialmente na atenção primária que é a porta de entrada dos pacientes”, declarou.

Campo Grande será a primeira cidade a ter esse laboratório, mas a ideia é estender os serviços para outros municípios do Estado e até do país. Porto Alegre, Teresina e Distrito Federal (Brasília) também estão na lista para participar do projeto.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau), o projeto deve aumentar o número de equipes nas unidades, mas ainda não é possível afirmar o impacto.

Dois observatórios serão criados para auxiliar as equipes de Saúde da Família. Também haverá implantação do serviço de telemedicina. Os editais sobre as bolsas de residência médica e multiprofissional serão até o fim deste ano. “Queremos estar à todo vapor até 2020”, declarou Jislaine.

O Laboratório de Inovação em Atenção Primária da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) é um dos braços da Organização Mundial de Saúde (OMS). O anúncio sobre recursos e novo laboratório com a Fiocruz foi feito em julho deste ano durante visita do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

TV MS

04 de outubro de 2019
"Lutar pela liberdade de Lula é ato de resistência". diz ator Osmar Prado

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma