NOVA ALVORADA CONVÊNIO UNIGRAN

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

quarta, 20 de novembro de 2019

Incêndio

Focos de incêndio diminuem, mas área queimada chega a 173 mil hectares no Pantanal

Chuvas que voltaram a cair nas regiões colaboraram para amenizar a situação

Por: Midiamax07/11/2019 às 17:25
ComentarCompartilhar
Com a diminuição de 81 para 22 focos de incêndios na região do Pantanal, as áreas respiram mais aliviadas com as chuvas que caíram nos últimos dias, entretanto, a área queimada ainda segue aumentando e a atualização dos responsáveis aponta que 173 mil hectares já foram destruídos pelo fogaréu.
 
De acordo com o coordenador do Cedec-MS (Coordenadoria de Defesa Civil de MS), tenente coronel Fábio Catarinelli, os combates estão concentrados atualmente nas regiões de Corumbá e Aquidauana. Cerca de 169 militares estão trabalhando para manter a situação controlada na região do Passo do Lontra e outros 44 militares estão apostos na reserva do Rio Negro.
 
“[focos] Reduziu bastante e o pessoal do rescaldo continua. A chuva ajudou bastante, ela traz a umidade relativa do ar, diminui um pouco a temperatura, mas não faz a extinção. O problema da região e da vegetação é que a chuva apaga por cima e tem o material que está abaixo pegando fogo e demora para ser extinto”, disse.
 
Segundo Catarinelli, os focos de incêndio ainda que em menor escala, estão sendo vistos pelo monitoramento. Atualmente dos 22 focos, 16 estão concentrados em Corumbá e dois focos estão em Aquidauana.
 
Militares de Brasília
Mato Grosso do Sul recebeu um novo reforço para ajudar no combate contra os focos de incêndios que atingem a região do Pantanal. Na quarta-feira (6), cerca de 31 militares do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal retornaram para o Estado e na manhã desta quinta, viajaram para Corumbá.
 
A princípio, de acordo com Catarinelli, os militares do estado vizinho ficarão na região combatendo os incêndios até a próxima semana, entretanto, o coordenador da defesa civil explicou que caso os focos retornem ou aumentem no passar dos dias, a estadia pode ser prolongada por mais alguns dias.
Deixe seu Comentário

TV MS

19 de novembro de 2019
Recapeamento na região do Imbirussu na Capital

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma