COPA DOS SERVIDORES

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

domingo, 15 de setembro de 2019

AMBIENTE

Governo de MS reage a queimadas, assina decreto de Emergência e pede apoio Federal

1 milhão de hectares já foi consumido pelo fogo em MS, nove municípios estão sob alerta

Por: TERO QUEIROZ12/09/2019 às 10:53
ComentarCompartilhar
Brigadistas do Ibama, PMA e bombeiros combatem focos de calor na Fazenda Caiman, em MirandaBrigadistas do Ibama, PMA e bombeiros combatem focos de calor na Fazenda Caiman, em MirandaFoto: Reprodução/PMA

A assinatura do Decreto de Emergência para combate as queimada atinge 9 municípios em alerta total em Mato Grosso do Sul. No Diário Oficial de hoje (12), as páginas 8 e 9, alerdam Aquidauana, Anastácio; Dois Irmãos do Buriti; Corumbá; Miranda; Bonito; Porto Murtinho; e Bodoquena, essas áreas precisam de atenção. A Capital sul-mato-grossense amanheceu coberta pela fumaça, que baixou na noite de ontem (11), até mesmo o Aeroporto Internacional de Campo Grande, foi afetado tendo que operar por instrumentos nesta manhã.

O documento assinado por Azambuja, mira apoio do governo federal ao controle de incêndios florestais nessas áreas, com intuito de proteger as áreas preservadas bem como sessar a alta das temperaturas, devido ao impacto das queimadas no clima. Cidades de MS já chegaram a registrar 43°C, neste mês.  O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), anunciou ontem que aproximadamente 1 milhão de hectares de mata já foram consumidos pelo fogo entre agosto e setembro, as regiões mais afetadas são da Serra da Bodoquena e o baixo e alto Pantanal. O impacto civil está visível nas longas filhas formadas em postos de saúde, em sua grande maioria, pessoas com problemas respiratórios, em decorrência da baixa umidade do ar e alta do calor.    

A situação de emergência vigorará pelo período de 180 dias e autoriza a mobilização de todos os órgãos da estrutura administrativa do Governo do Estado, sob a coordenação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MS) nas ações de resposta ao desastre, reabilitação e reconstrução do cenário afetado pelas queimadas.

O decreto também autoriza a convocação de voluntários para reforçar estas ações e para a realização de campanhas de arrecadação de recursos perante a comunidade, com o objetivo de facilitar o atendimento à população afetada.

Deixe seu Comentário

TV MS

16 de agosto de 2019
Após 30 anos de espera região Norte da Capital recebe asfalto

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma