NOVA ALVORADA CONVÊNIO UNIGRAN

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

tera, 19 de novembro de 2019

TRAGÉDIA

Incêndio em hospital deixa 11 mortos no Rio de Janeiro

Hospital particular teve vários pacientes removidos em alguns morreram antes do resgate durante incêndio na noite desta quinta-feira (12)

Por: TERO QUEIROZ13/09/2019 às 09:25
ComentarCompartilhar
Leitos foram montados emergencialmente na rua São Francisco Xavier após a retirada dos pacientes do hospitalLeitos foram montados emergencialmente na rua São Francisco Xavier após a retirada dos pacientes do hospitalFoto: Celso Pupo/Fotoarena/Agência O Globo
TCE EAD

A rede D’Or Sã Luiz, é a responsável pelo hospital Badim, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, local onde cerca de 11 pessoas morreram em incêndio na noite de ontem, quinta-feira (12).

O desespero de funcionários para retirada de pacientes começou por volta das 17h50 de ontem, quando 12 viaturas foram chamadas ao hospital após alerta de início de incêndio, que rapidamente tomou grandes proporções. Nas imagens pode-se observar a espessura da fumaça, o que dificultou a saída do interior do prédio.   

Conforme as equipes do Corpo de Bombeiros, as 20h30 o fogo já era controlado.  Idosos dos Centros de Tratamento Intensivo (CTIs), foram tirados em macas, foram do prédio familiares desesperados foram contidos por oficiais. 

"Todos os pacientes do CTI 1 já foram retirados e estão recebendo os primeiros atendimentos na rua Arthur Menezes. Nesse momento, os pacientes do CTI 2, que tem 20 leitos, também estão sendo retirados", afirmou a direção da unidade por volta das 20h nas redes sociais.

Eles estão sendo levados para hospitais públicos e privados da região. "Toda a direção do hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que estão sendo transferidos para o hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D'Or, do qual o Badim é associado", informou a direção.

Ao jornal Folha de S. Paulo, a e secretaria de Estado de Saúde, disse que 15 ambulâncias foram enviadas ao local para auxiliar no salvamento das vítimas.

Conforme a direção do Badim, o fogo pode ter se iniciado em um curto-circuito em gerador que fica no subsolo do prédio anexo, mas antigo, com inauguração datada em 2000, no entanto, o prédio novo, anexo inaugurado em 2018 teve grande parte da estrutura danificada.     

O complexo tem no total 128 leitos de internação e mais de 60 médicos, mas ainda não se sabe quantas pessoas estavam no local do incêndio. O prédio novo conta ainda com emergência, centro cirúrgico, centro de diagnóstico por imagem e "day clinic" (internação breve).

Fonte: Folha de S. Paulo. 

 

Deixe seu Comentário

TV MS

19 de novembro de 2019
Recapeamento na região do Imbirussu na Capital

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma