PMCG COMPET CIDADE DO NATAL

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

sbado, 14 de dezembro de 2019

Tentativa de femicídio

Jovem percorre ruas com arma na mão, tenta matar esposa e invade restaurante: 'Teve quebra-quebra'

Suspeito foi contido por policial de folga, que estava no local com a esposa. Vítima disse que pediu socorro na rua, mas, ninguém quis ajudar porque ele seria de facção criminosa.

Por: Graziela Rezende/G1 MS02/12/2019 às 08:47
ComentarCompartilhar
Suspeito é preso ao tentar matar esposa em MSSuspeito é preso ao tentar matar esposa em MSFoto: Policia Militar/Divulgação

Um homem de 26 anos foi preso em flagrante nesse domingo (1°) em um restaurante na rua Catiguá, Jardim Canguru, região sul de Campo Grande. Conforme o registro policial, ele percorreu ruas com uma arma na mão, atirou em direção da esposa de 19 anos e tentou outro disparo. No entanto, a arma falhou. Por último, ele invadiu um restaurante e foi contido por um policial de folga, que estava no local com a esposa.

A guarnição do Aero Rancho saiu para atender a um caso de violência doméstica e, quando chegou no bairro, foi informada de que o suspeito estava percorrendo as ruas com a arma na mão. As testemunhas ainda disseram que a esposa gritava por socorro, porém, muita gente não quis ajudar por saber que o suspeito pertenceria a uma facção criminosa.

A jovem então entrou em um restaurante pedindo socorro e, logo depois, o homem tentou entrar com a arma em punho. Neste momento, ainda conforme as testemunhas, muita gente ficou nervosa e "teve quebra-quebra de gente tentando se esconder". O homem exigia a presença da vítima e um policial de folga esperou o momento certo para imobilizá-lo e desarmá-lo.

O reforço policial chegou em seguida e, conforme o dono do restaurante, o policial presente no restaurante teve "controle emocional" para algemar o suspeito no momento certo, já que ele estaria agressivo e sob efeito de entorpecentes. O homem foi levado para o camburão e a vítima, em outra viatura, sendo que ambos seguiram para a Casa da Mulher Brasileira.

No depoimento, a jovem ressaltou que as agressões estariam ocorrendo há três dias e o marido dela teria a acusado de traição, sendo que ele foi buscar uma arma em seguida. Ela, ainda conforme o registro da ocorrência, negou atendimento médico, mesmo estando com escoriações nos cotovelos e hematomas no corpo.

O caso foi registrado como tentativa de feminicídio, além do porte ilegal e disparo de arma de fogo.

Deixe seu Comentário

TV MS

05 de dezembro de 2019
Sete bairros da Capital são beneficiados com entrega de UBS no Alves Pereira 

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma