China
sexta, 20 de julho de 2018

Mato Grosso do Sul

Juntos, CGU e TCE-MS atuarão no controle dos gastos públicos

Por: Redação, com assessoria10/08/2017 às 17:45
ComentarCompartilhar
Foto: Divulgação.

Um Termo de Cooperação entre as duas Instituições foi assinado na tarde desta quarta-feira pelo presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, conselheiro Waldir Neves, e o superintendente da Controladoria Geral da União no Estado, José Paulo Julieti Barbieri. A assinatura do acordo permite ao Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul e a Controladoria Geral da União atuarem juntos em ações de prevenção à corrupção e promoção da transparência e da ética pública, por meio da realização de eventos que sensibilizem e capacitem a sociedade a ter uma maior participação no controle dos gastos públicos.
 
O novo acordo de cooperação é mais uma demonstração do comprometimento das Instituições  para a população ter, de fato, um País mais justo e transparente. “Com essa parceria vamos duplicar a nossa área de atuação, evitar o retrabalho e, dessa forma, economizar recurso público. Com certeza, conseguiremos importantes resultados no que diz respeito ao combate a corrupção e ao mau uso do erário público”, enfatizou o presidente do TCE-MS.
 
Fará parte também desse acordo, o compartilhamento de informações técnicas relativas às áreas de auditoria, fiscalização e ouvidorias. O objetivo é maximizar o aproveitamento das informações gerenciadas em benefício do aprimoramento de técnicas e procedimentos implementados  nas ações de controle.  Para o superintendente da Controladoria Geral da União no Estado, José Paulo Julieti Barbieri, ações como essa “fomentam a boa gestão pública e fortalecem o controle social, trazendo a sociedade para junto dos órgãos de controle.”.
 
Também estiveram presentes à solenidade de assinatura do Termo de Cooperação o vice-presidente do TCE-MS, conselheiro Ronaldo Chadid; o corregedor geral, conselheiro Iran Coelho das Neves; a diretora da Escoex, conselheira Marisa Serrano; o conselheiro José Ricardo Pereira Cabral, o auditor Célio de Lima, o Procurador-Geral de Contas de MS, João Antônio de Oliveira Martins Junior, e o superintendente substituto da Controladoria Geral da União no Estado, André Luiz Monteiro da Rocha, entre outras autoridades.

Deixe seu Comentário

TV MS

09 de julho de 2018
O difícil resgate dos meninos presos em caverna na Tailândia

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 3305.4739
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma