GOVERNO PRESENTE
Segunda, 11 de Dezembro de 2017

Mato Grosso do Sul

Juntos, CGU e TCE-MS atuarão no controle dos gastos públicos

Por: Redação, com assessoria10/08/2017 às 17:45
ComentarCompartilhar
Foto: Divulgação.

Um Termo de Cooperação entre as duas Instituições foi assinado na tarde desta quarta-feira pelo presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, conselheiro Waldir Neves, e o superintendente da Controladoria Geral da União no Estado, José Paulo Julieti Barbieri. A assinatura do acordo permite ao Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul e a Controladoria Geral da União atuarem juntos em ações de prevenção à corrupção e promoção da transparência e da ética pública, por meio da realização de eventos que sensibilizem e capacitem a sociedade a ter uma maior participação no controle dos gastos públicos.
 
O novo acordo de cooperação é mais uma demonstração do comprometimento das Instituições  para a população ter, de fato, um País mais justo e transparente. “Com essa parceria vamos duplicar a nossa área de atuação, evitar o retrabalho e, dessa forma, economizar recurso público. Com certeza, conseguiremos importantes resultados no que diz respeito ao combate a corrupção e ao mau uso do erário público”, enfatizou o presidente do TCE-MS.
 
Fará parte também desse acordo, o compartilhamento de informações técnicas relativas às áreas de auditoria, fiscalização e ouvidorias. O objetivo é maximizar o aproveitamento das informações gerenciadas em benefício do aprimoramento de técnicas e procedimentos implementados  nas ações de controle.  Para o superintendente da Controladoria Geral da União no Estado, José Paulo Julieti Barbieri, ações como essa “fomentam a boa gestão pública e fortalecem o controle social, trazendo a sociedade para junto dos órgãos de controle.”.
 
Também estiveram presentes à solenidade de assinatura do Termo de Cooperação o vice-presidente do TCE-MS, conselheiro Ronaldo Chadid; o corregedor geral, conselheiro Iran Coelho das Neves; a diretora da Escoex, conselheira Marisa Serrano; o conselheiro José Ricardo Pereira Cabral, o auditor Célio de Lima, o Procurador-Geral de Contas de MS, João Antônio de Oliveira Martins Junior, e o superintendente substituto da Controladoria Geral da União no Estado, André Luiz Monteiro da Rocha, entre outras autoridades.

Deixe seu Comentário

TV MS

08 de Novembro de 2017
Cidadão de Paranaíba diz que Prefeitura quer construir aterro irregular

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 3305.4739
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma