COPA DOS SERVIDORES

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

domingo, 15 de setembro de 2019

Justiça

Justiça mantém preso homem que tentou estuprar sobrinho e rasgou roupa na cela

Suspeito começou a se debater quando foi preso e ficou completamente nu; ele será transferido para o presídio

Por: Campo Grande News11/09/2019 às 14:52
ComentarCompartilhar

O juiz Wilson leite Corrêa manteve a prisão do homem de 40 anos que tentou estuprar o sobrinho de 12 anos na manhã de ontem no Jardim Anápolis, em Campo Grande. Com isto, o auxiliar de serviços gerais, que começou a se debater e rasgou as próprias roupas ao ser preso, será encaminhado para o presídio. Ele vai responder por tentativa de estupro de vulnerável.

Conforme o auto de prisão em flagrante, o adolescente seguia para a casa de uma colega, quando o tio o arrastou pelo pescoço para dentro da residência dele. Lá, o autor mostrou um filme pornográfico e tentou violentá-lo. Durante ameaças, o tio dizia que se o menino não ficasse com ele iria estuprar a mãe a irmã da vítima e caso fosse preso quando saísse iria matá-lo estrangulado.

O menino quis fugir, mas foi agredido com uma ripa de madeira nas costas e nos braços. O autor só parou com as agressões depois que foi surpreendido pela mãe do garoto - uma doméstica de 38 anos. Ela disse que fazia o serviço de casa e foi avisada pela sobrinha de que o autor havia puxado seu filho para dentro do imóvel dele.

Ao chegar ao local, a mulher foi esfaqueada na mão pelo homem com uma faca de serra. O autor, então, passou a ameaçar tanto a vítima quanto a mulher. Antes disso, segundo depoimento do garoto à polícia, o autor dizia que vendia droga e gritava o número de 1533 - em alusão ao número que indica as iniciais do PCC (Primeiro Comando da Capital).

A Polícia Militar foi acionada pelos moradores e levou os envolvidos à delegacia. Algemado, o autor passou a bater com a cabeça na parede. Já na cela da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) muito sujo, exaltado e se debatendo rasgou suas roupas e se recusou a assinar o auto de prisão em flagrante.

A mãe da criança pediu medida protetiva contra o autor. Ela disse à polícia que tem muito medo dele, pois o autor já agrediu o próprio pai, é usuário de drogas, muito perigoso e tem várias passagens pela polícia.

Deixe seu Comentário

TV MS

16 de agosto de 2019
Após 30 anos de espera região Norte da Capital recebe asfalto

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma