PMCG COMPET CIDADE DO NATAL

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

ASSEMBLEIA CONQUISTAS
segunda, 09 de dezembro de 2019

Divórcios

MS é o 2º colocado em ranking de divórcios e 4º em casamentos

O número de casamentos em Mato Grosso do Sul cresceu 3,11% em 2018, apontou IBGE

Por: Midiamax04/12/2019 às 15:06
ComentarCompartilhar
Mato Grosso do Sul é o segundo estado em que mais acontecem separações no país, apontou pesquisa de Estatísticas do Registro Civil de 2018, divulgado nesta quarta-feira (4) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
 
De acordo com a pesquisa, em 2018 foram 5.891 divórcios em Mato Grosso do Sul, 3.051 somente em Campo Grande. O IBGE chamou atenção para o levantamento anterior, que indicou MS como o primeiro estado no ranking de separações. Na atual pesquisa, os divórcios caíram 1,7%.
 
Conforme a pesquisa, os dados são subtraídos através da divisão do número de divórcios pelo número de habitantes, multiplicando o resultado por 1.000. No levantamento foram considerados os divórcios de pessoas a partir dos 20 anos de idade, concedidos em 1ª instância ou extrajudicialmente. A frente de MS aparece apenas o estado de Rondônia.
 
Casamentos
Se há tantos divórcios, também existem inúmeros casamentos. Ainda segundo a pesquisa, além do crescimento no número de casamentos homoafetivos em MS, o número no geral também aumentou, cerca de 3,11%, com 17.169 uniões.
 
O número colocou Mato Grosso do Sul na 4ª colocação de estado que mais casa pessoas no país, ficando atrás apenas do Distrito Federal (3º), Acre (2°) e Rondônia (1°). Em 2017, o número de casamentos no estado era de 16.650 e em 2018 a quantidade cresceu para 17.169.
Deixe seu Comentário

TV MS

05 de dezembro de 2019
Sete bairros da Capital são beneficiados com entrega de UBS no Alves Pereira 

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma