PRESTAÇÃO DE CONTAS

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

REVIVA
terça, 23 de abril de 2019

Meio Ambiente

Secretário se reúne com ministros para tratar da recuperação do Rio Taquari

14/01/2019 às 08:18
ComentarCompartilhar

O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, e o diretor-presidente do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) Ricardo Eboli, tiveram na semana passada a primeira reunião com os ministros Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) para tratar da conversão dos recursos oriundos de multas por danos ambientais em ações de recuperação do Rio Taquari. O encontro em Brasília foi na última terça-feira (8.01).

A medida foi assinada no dia 7 de dezembro pelo então presidente da República Michel Temer e na prática, consiste na criação de um fundo para captação desses recursos provenientes de multas aplicadas pelos órgãos ambientais federais (Ibama e ICMBio), concentradas em milhares de ações judiciais em andamento há décadas.

Segundo Verruck, o ministro Ricardo Salles informou que a normativa de conversão das multas passará por revisão, mas entendeu que a questão do Rio Taquari é prioritária em função do grande impacto ambiental, econômico e social que tem causado.

Na reunião – continua o secretário – foram apresentadas ao ministro as principais medidas a serem adotadas, o Programa de Ações para promover o desenvolvimento sustentável e efetivar a recuperação ambiental da bacia do Rio Taquari. “A ministra Tereza Cristina destacou a importância do projeto e disse que o Ministério da Agricultura também trabalhará num programa nacional de recuperação do solo”, disse Verruck.

O gesto demonstra que ficou evidente a integração dos ministérios em ações de sustentabilidade, analisou o secretário. “Inclusive, o próprio Serviço Florestal Brasileiro, responsável pelo Cadastro Ambiental Rural, saiu da pasta do Meio Ambiente e passou para a pasta da Agricultura”, pontuou.

Reunião com os ministros Tereza Cristina e Ricardo Sales foi na semana passada, em Brasília

O secretário informou, ainda, aos ministros, sobre uma importante ação que vem sendo desenvolvida pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT). Foi aberta licitação para elaboração de estudos técnico, econômico e ambiental (EVTEA) para sinalização de margem, balizamento e projeto de drenagem na hidrovia do Taquari. A licitação vai acontecer dia 17 de janeiro.

Carta Caiman

Jaime Verruck relatou aos ministros que a medida de conversão de multas ambientais em ações para recuperar a bacia do Taquari é resultado de um movimento liderado pelo governador Reinaldo Azambuja que culminou na assinatura da Carta Caiman, em outubro de 2017. No evento – realizado no Refúgio Caiman, em Miranda – o então presidente Michel Temer se comprometeu a encaminhar os estudos necessários para canalizar os recursos das multas a um fundo destinado a custear ações de recuperação das áreas degradadas e demais medidas necessárias para cessar o assoreamento no Taquari.

O governador Reinaldo Azambuja considerou como “um caminho concreto para a recuperação de um dos maiores desastres ambientais, que é o assoreamento do Taquari”. “Agora é o momento de olhar à frente, sem discutir o passado, e salvar o Taquari com bons projetos”, acrescentou.

Para o secretário Jaime Verruck, a progressiva degradação do rio Taquari – processo que se arrasta há décadas – pode ser considerado um dos maiores desastres ambientais dos últimos tempos no país. “O Estado sempre teve um foco muito forte na questão do Taquari e buscou alternativas viáveis na definição de um plano de recuperação, ouvindo todos os segmentos envolvidos.” O principal desafio sempre foi o custeio das ações necessárias para reverter o processo de assoreamento, o que se resolve com a conversão das multas.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

03 de abril de 2019
Revoada de balões em alusão ao Dia Mundial de consciencização ao autismo

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma