MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

tera, 19 de novembro de 2019

BEBÊ ABANDONADO

Bebê encontrado abandonado no centro de Dourados recebe um nome

A criança está bem, todos os exames clínicos e laboratoriais apontam que está saudável, bem como possui tamanho e peso normais

Por: Luis Abraham17/10/2019 às 10:35
ComentarCompartilhar
Crédito: Reprodução/Ligado na NotíciaCrédito: Reprodução/Ligado na NotíciaFoto: Crédito: Reprodução/Ligado na Notícia
TCE EAD

O bebê abandonado pela mãe dentro de uma caixa de papelão na madrugada do último dia 1° na área central de Dourados completou 16 dias nesta quarta-feira (16) e já recebeu um nome. Caio Guilherme, como está sendo chamado pela equipe do Lar Santa Rita, foi encontrado em um terreno baldio, nas imediações da rua Antônio Emílio de Figueiredo esquina com a Firmino Vieira de Matos.

De acordo com informações do Ligado na Notícia, a criança está bem, todos os exames clínicos e laboratoriais apontam que está saudável, bem como possui tamanho e peso normais; ele nasceu com 3,3kg, hoje já está pesando 3,9kg. O quadro foi repassado a 94FM pela diretora da instituição, Mônica Medeiros.

Caio Guilherme ainda não é o nome de registro e sim uma forma de tratar o bebê com carinho. No dia que encontrado, o pequeno foi encaminhado ao Hospital Universitário e passou por exames, no dia 4 foi encaminhado ao Lar Santa Rita, onde permanece até o momento.

Mônica explicou que o bebê deve ficar na unidade durante o processo de identificação da família, análise de possível transferência da guarda para parentes ou encaminhamento para adoção quando esgotadas todas as possibilidades.

Todo esse processo dura em torno de 30 dias, conforme determinação do juiz. A diretora relatou ainda que o bebê vem se alimentando bem. “Aqui no lar, os bebês, geralmente, mamam a cada três horas, e o Caio, mama, no máximo, a cada duas horas”, disse. Até o momento, nenhum parente foi localizado.

Fila de espera

A diretora afirma, que em Dourados, existe em média 40 casais na fila de adoção. As famílias procuraram a Vara da Infância e fizeram o cadastro. Atualmente, o Lar Santa Rita possui 33 crianças em situação de acolhimento, entre 0 a 12 anos.

Doações

O valor repassado para a instituição pelos governos municipal, estadual e federal, somam R$ 600 por mês por criança e a instituição necessita de doações. O ideal, de acordo com Mônica, seria R$ 2 mil, que é o gasto médio que cada um gastaria mensalmente.

No momento, a instituição está precisa de muito leite, como Nestogeno e Nan, além de fraldas. Quem quiser ajudar, pode fazer trabalho voluntário, doações, de alimentos, leite, fraldas, ou dinheiro através do banco: Caixa Econômica Federal 997-1 e agência: 0562.

O Lar de Crianças Santa Rita é uma Organização não Governamental, entidade de Assistência Social, sem fins lucrativos e está localizado na rua Toshinobu Katayama, 1033, Centro, ao lado do Hospital da Vida. Mais informações nos telefones: 3421-9966 e 98409-9556.

Deixe seu Comentário

TV MS

19 de novembro de 2019
Recapeamento na região do Imbirussu na Capital

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma