ANIVERSÁRIO DE CG PMCG BARTZ

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

ANIVERSÁRIO PMCG BARTZ LED
domingo, 18 de agosto de 2019

Casos de policia

Em Dourados, a política toma conta das manchetes policiais

Por: Redação11/12/2018 às 10:49
ComentarCompartilhar
O contador Rosenildo FrançaO contador Rosenildo FrançaFoto: Reprodução facebook

O trabalho das forças-tarefa de combate à corrupção em Dourados não oferece folga aos seus integrantes. Em outra sequência da Operação Pregão – que semana passada levou para a cadeia três vereadores, um ex-vereador e dois servidores da Câmara Municipal de Dourados -, um contador e servidor da Prefeitura, Rosenildo França, e a esposa, Andrea Ebling, foram presos na manhã desta sexta-feira, 11. Os mandados foram expedidos pelo titular da 1ª Vara Criminal, Luiz Alberto de Moura Filho.

O casal está no alvo de uma invfestigação que apura fraudes em licitação e outros crimes de corrupção em curso há oito anos. O contador seria responsável pela articulação das peças que compõem o esquema, de acordo com indícios apontados desde a primeira operação, em outubro. Naquela ocasião foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e presas quatro pessoas, entre as quais o secretário municipal de Fazenda, João Fava Neto, e a vereadora Denise Portolan (PR), que continua sob custódia.

COMPETÊNCIA – Segundo douradenses e moradores da região, e que conhecem a trajetória de Rosenildo França, o contador é um técnico de grande competência profissional. Bem articulado e discreto, ele trabalhou por oito anos em Fátima do Sul, no primeiro mandato da prefeita Ilda Salgado Machado. Depois disso, e por sugestão da assessoria do prefeito e atual vice-governador eleito Murilo Zauith (DEM), foi trabalhar na Prefeitura de Dourados.

NA CÂMARA – O poder legislativo douradense sofreu novo impacto negativo na semana passada, quando os agentes policiais prenderam os vereadores Idenor Machado (PSDB), Pedro Pepa (DEM) e Pastor Cirilo Ramão (MDB); o ex-vereador Dirceu Longhi; e dois servidores da Câmara. A polícia e o Ministério Publico cumpriram ao tdo 10 mandados de prisão, busca e apreensão.

A investigação apura fraudes em processos licitatórios que há anos vêm desviando parte do orçamento publico. Curioso é que dois dos presos concorrem a cargos na Mesa Diretora: Pepa quer a presidência, ocupada hoje por Daniela Hall, enquanto Pastor Cirilo mira a segunda secretaria.

Em tr?s sessões convocadas por Daniela Hall a eleição não aconteceu. Em duas delas, os oito vereadores fiéis à prefeita Délia Razuk (PR) deixaram de ir a plenário para que não houvesse quórum. A terceira foi suspensa pela Justilça, sob o argumento de que é preciso antes a Mesa Diretora julgar um pedido para que sejam convocados os suplentes para substtuir os vereadores presos.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

16 de agosto de 2019
Após 30 anos de espera região Norte da Capital recebe asfalto

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma