IPTU 2019
China
domingo, 16 de dezembro de 2018

Boa Ação

Movimento ‘compartilha’ roupas arrecadadas em comunidade Quilombola

Por: Tonni Balejo21/02/2015 às 17:24
ComentarCompartilhar

Foi numa casa, da comunidade Tia Eva, que aconteceu a entrega de roupas do “1° Movimento Roupa para Todos”, projeto que surgiu para ‘compartilhar’ com quem precisa. Foram arrecadas 2.100 peças de roupas, entre calçados e até mesmo bolsas voltadas para cerca de 30 famílias da região.

O idealizador do movimento é o advogado e psicólogo, Leandro de Moura Ribeiro, que se sentiu sensibilizado a fazer o projeto quando se deparou com seu guarda-roupa com peças que nunca usou e que jamais iria usar. “Era um egoísmo meu. E estamos atendendo a essa entidade Quilombola a pedido de um morador daqui, dizendo que se sentiam marginalizados”, disse Leandro ao MS Notícias.      

Leandro ressaltou ainda que, o movimento conta com ajuda de voluntários, e nesta primeira ação contou com ajuda direta de 30 pessoas. A jornalista Vânia Galceran é uma das voluntárias que está participando da ação. “Tinha desejo de ajudar e hoje estou aqui”, disse sorridente a jornalista.

O diferencial do projeto é que as pessoas podem escolher as peças de roupas, que ficam num ‘varal–vitrine’, que querem levar para casa. “Aqui não usamos a palavra doação, mas sim compartilhar, pois não queremos que quem está sendo beneficiado se sinta inferior”, frisou o idealizador.

Uma das moradoras do bairro que levou peças de roupas foi a Amélia Rosa Pereira, 59 anos. “Escolhi as peças que queria e gostei muito das roupas. Estou muito agradecida”, disse a moradora.

A segunda edição do Movimento deve acontecer em março, no dia 28, e a entidade beneficiada vai ser a Afrangel (Lar das Crianças com HIV/Aids) de Campo Grande. As crianças e as famílias vão receber peças de roupas, além de valores em dinheiro que poderão ser repassados por quem quiser colaborar com a entidade.

O projeto tem página na rede social Facebook como “Movimento Roupa Para Todos”, e quem se sensibilizar e quiser ajudar, pode curtir a página e entrar em contato com os organizadores.

Família vítima de Incêndio – O atendente de lanchonete, Jhonatan Guilherme Messias, 18 anos, e toda família dele (pai, mãe, dois irmãos e um tio que sofre de doença mental), ficaram somente com a roupa do corpo, após um incêndio destruir a casa em que eles moravam, com seis cômodos, no Jardim Seminário 2 próximo a Comunidade Tia Eva.

Para ajudar de forma especial a família do Jhonatan, um kit foi separado para que os familiares do rapaz, vítimas do incêndio, não ficassem desamparados e várias peças de roupas foram entregues a eles. “Roupa minha mesmo sobrou só bermuda, camiseta e este chinelo que estou usando. Esse projeto está beneficiando a todos e vai ajudar bastante a gente também”, comentou o atendente de lanchonete. 

Deixe seu Comentário

TV MS

04 de novembro de 2018
Entrevista - Alessandra Maestrine e Mirna Rubim falam sobre o espetáculo 'O Som e a Sílaba'

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 3305.4739
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma