POSSE DE MAIS CONCURSADOS

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

sexta, 19 de julho de 2019

SEQUESTRO

Comprador de gados tem caminhonete roubada e fica dois dias em cativeiro

Suspeitos amarram e amordaçaram a vítima após emboscada

Por: TERO QUEIROZ16/05/2019 às 10:50
ComentarCompartilhar
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 44 anos, ficou refém de criminosos por dois dias, após ser sequestrado no Parque do Lajeado, em Campo Grande. Segundo o Boletim de ocorrência, a vítima foi liberada hoje pela madrugada, após o Batalhão da Polícia Militar de Choque, flagrar um suspeito pulando um muro.

Conforme os policiais, a vítima foi amarrada e amordaçada, por Everton Vinicius Martins de Souza, de 22 anos, que é foragido da justiça paulista e vinha praticando crimes em Campo Grande. Durante o patrulhamento dos policiais pelo Parque Lageado, viram viram Everton, pulando um muro, com isso, a equipe entrou no terreno momento em que o suspeito se rendeu. Dentro da casa no terreno a polícia encontrou o homem amarrado, amordaçado e deitado no sofá da sala.

A vítima foi resgatada pelos policiais, e informou que caiu no golpe da compra de gado. Segundo a vitima, ele iria verificar um rebanho de 250 cabeças de gado, no valor de R$ 400 mil, próximo ao Aeroporto Internacional de Campo Grande, ao chegar no local combinado com o falsos vendedores de gado, a vítima foi amarrada por dois homens que o colocaram em sua caminhonete Hilux. 

Conforme registro, o homem ficou em poder dos suspeitos das 14h15 da terça-feira (14), até  a madrugada de hoje (16). Durante as horas no cativeiro, a vítima relatou, que os suspeitos conversavam ao telefone com um comparsa, chamado por eles de 'professor'.

O suspeito preso pelo Choque, disse que as ordens eram para manter o homem refém, e que ele revezava com o comparsa que não foi localizado pela polícia. Conforme apurado pela polícia, as ordens vinham de dentro do presídeo federal de Campo Grande.

Ao ser pego pulando o muro, Everton revelou à polícia detalhes do esquema, revelou também a localização de um revólver calibre .38, e as casas dos comparsas.

A equipe policial foi até os endereços. Na primeira casa, não encontrou a mulher identificada como Kelly Cristina Paes de Oliveira, essa que estava em benefício do Dia das Mães. Na casa dela foram apreendidos 360 gramas de maconha e munições de calibre .50.

No segundo endereço, foi preso Elison Franca Feitosa, de 20 anos, que seria responsável por ter escondido a caminhonete roubada.

A dupla foi presa e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados pelos crimes de extorsão mediante sequestro, associação criminosa e roubo.

Deixe seu Comentário

TV MS

11 de julho de 2019
Fábio Trad fala sobre indenização a Zeca e alerta MP-MS

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma