MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

sbado, 18 de janeiro de 2020

SÍNDROME DO PÂNICO

Defesa adia apresentação de comerciante que matou tio e alega legítima defesa

Nesta manhã defesa alegou que sobrinho está muito abalado

Por: TERO QUEIROZ18/07/2019 às 11:38
ComentarCompartilhar
Tio e sobrinho discutiram por dívidaTio e sobrinho discutiram por dívidaFoto: Reprodução/Facebook

A defesa de Miguel Arcanjo Camilo Junior, de 32 anos, suspeito de matar o tio, Osvaldo Foglia Junior, de 47 anos, a tiros na terça-feira (16), após discussão na conveniência do acusado, Jardim São Lourenço em Campo Grande, alegou hoje (18), que o cliente sofre de síndrome do pânico, com isso, solicitou o adiamento da apresentação do suspeito à polícia.   

De acordo com o advogado de defesa, Júlio César Marques, Miguel está bastante abalado e desenvolveu síndrome do pânico após matar o tio, conforme o advogado eles eram muito próximos. “Eles faziam musculação juntos, tinham uma vida em comum. Ele matou sob pressão e ameaça do tio por causa de uma dívida", disse a defesa. Conforme o advogado, o suspeito será apresentado amanhã (19), e alegará legítima defesa.  

Conforme o site Campo Grande News, o delegado do caso, Thiago Macedo, da 4ª Delegacia de Polícia Civil, aguarda ainda um testemunho 'chave', moradora do interior do estado, ela deve ser ouvida na próxima semana.  

Miguel é indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil, a arma usada no crime era registrada. 

 

Deixe seu Comentário

TV MS

17 de janeiro de 2020
Quem não é comunista é fascista

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma