MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

segunda, 24 de junho de 2019

FRONTEIRA

Quadrilha fortemente armada assalta banco e aterroriza cidade

Usando pistolas e fuzis, grupos de criminosos fugiram após terror

Por: TERO QUEIROZ05/04/2019 às 09:44
ComentarCompartilhar
Porta de vidro da agência do Sicredi em Coronel Sapucaia, arrebentada a tiros durante assaltoPorta de vidro da agência do Sicredi em Coronel Sapucaia, arrebentada a tiros durante assaltoFoto: Reprodução/Direto das Ruas/CG News

Ao menos 20 criminosos fortemente armados, em várias caminhonetes invadiram a cidade de Coronel Sapucai, no lado brasileiro da fronteira com Paraguai. Os moradores do pequeno município acordaram assustados após tiroteio na madrugada desta sexta-feira (05).  

O grupo de criminosos dominou a cidade, após não permitir a saída dos policiais de dentro das delegacias de polícias civil e militar, na delegacia de Polícia Civil, apenas um policial estava de plantão. 

Usando pistolas semiautomática e fuzis, a quadrilha  chegou a alvejar um carro da prefeitura do município, no veículo haviam pacientes, que seriam levados para Dourados. Os tiros contra o veículo foi para evitar que o carro deixasse o município, ninguém se feriu. 

Parte do grupo foi para uma agência bancária na cidade, eles arrombaram as portas, estouraram janelas e usaram maçaricos para arrombar o cofre no local, ainda não se sabe o valor levado pelo grupo.  

Moradores compartilharam áudios nas redes sociais, onde narram momentos de pânico, so fundo é possível ouvir sons de tiros. A cidade é uma das mais violentas na região, dada a interminável guerra entre quadrilhas que tentam dominar o tráfico na região. Órgãos nacionais já chegaram a classificar o pequeno município como o mais violento de Mato Grosso do Sul. 

Após o assaltar o banco, os suspeitos fugiram para o lado paraguaio, eles gritavam e atiravam para alto a todo momento, relataram os moradores. 

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) chegaram logo cedo à cidade. O delegado regional adjunto da Polícia Civil em Ponta Porã,  Mikail Faria, também foi para Coronel Sapucaia, para acompanhar as investigações.

Peritos e equipes do Delegacia Especializa de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestro (Garras) são esperados na cidade para tentar identificar pistas deixadas pela quadrilha.

O assalto desta sexta-feira (05) ocorre em plena Operação Ágata de Aço, iniciada nesta semana pelo Exército. A assessoria do Exército anunciou que a operação envolve 1.900 militares e membros de outras agências da segurança pública.

Deixe seu Comentário

TV MS

14 de junho de 2019
Atrizes de espetáculo em cartaz há 19 anos falam dos bastidores

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma