MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

SEGOV AGILITÁ VÍTIMAS
tera, 22 de outubro de 2019

Política

Bolsonaro elogia Mandetta e detona pressão por espaço no Ministério

Com os olhos no orçamento da Saúde, partidos pressionam o Planalto em troca de apoio

Por: Redação MS NOTÍCIAS04/10/2019 às 20:48
ComentarCompartilhar
Jair Bolsonaro e MandettaJair Bolsonaro e MandettaFoto: Divulgação

“Ele é um dos melhores ministros que temos na Esplanada”.

Com esta afirmação, o presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL) negou, incisivamente, existir qualquer cogitação de substituir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM). Foi uma resposta para, a seu ver, encerrar as insistentes especulações sobre a mobilização de partidos da base que reivindicam mais espaços no governo, em troca do apoio de suas bancadas às matérias de interesse do Planalto, como a reforma da Previdência.

Os rumores passaram a ser mais intensos no primeiro trimestre deste ano, quando o próprio Bolsonaro admitiu que a extrema necessidade de aprovar a reforma da Previdência poderia levar o governo a negociar cargos. Em 23 de setembro, a jornalista Bela Megale publicava no jornal “O Globo” que o PP estaria mobilizado para tirar Mandetta e indicar o deputado Hiran Gonçalves (PP/PR) para o seu lugar.

A manobra teria a participação de um dos fiéis escudeiros de Bolsonaro, o deputado Hélio Lopes, o Negão (PSL/RJ), que reforçou a Bolsonaro a indicação de Gonçalves, dizendo tratar-se de “um bom nome”. A jornalista considerou que o espaço de Mandetta exerce forte atração nos políticos.

“O que estimulou a movimentação do PP é a avaliação de que há uma predileção ao DEM, partido de Mandetta, na liberação de verbas e cargos no ministério da Saúde”, escreveu Megale. E completou: “Entre julho e agosto, a pasta já repassou R$ 2,1 bilhões em verbas para parlamentares, privilegiando a sigla”. Ventilou-se ainda a informação dando conta que o PSL, partido de Bolsonaro, seria outra agremiação partidária em ação para forçar a saída de Mandetta e indicar seu substituto.

O presidente decidiu então bater o martelo para acabar com as futricas e por um ponto final nas manobras. Além da declaração lacônica e conclusiva do presidente com elogios a Mandetta e descartando qualquer intenção de exonerá-lo, os meios políticos de Brasília vêm testemunhando o prestígio e a confiança depositada por Bolsonaro no ministro e em seu trabalho.

Segundo a deputada federal e ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,Tereza Cristina , e o deputado estadual Jose Carlos Barbosinha, ambos do DEM, a atuação de Mandetta fez dele, em apenas nove meses, um dos espelhos de eficiência do governo de Jair Bolsonaro com reconhecimento no exterior, inclusive junto à Organização Mundial de Saúde.

Deixe seu Comentário

TV MS

04 de outubro de 2019
"Lutar pela liberdade de Lula é ato de resistência". diz ator Osmar Prado

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma