IPTU 2019
China
quinta, 13 de dezembro de 2018

Junção

Incorporação do PRP ao Patriota de Cabo Daciolo fortalece Lídio Lopes

Reeleito para o terceiro mandato com 27,8 mil votos é uma das lideranças estratégicas do núcleo de decisões políticas de MS

Por: Tero Queiroz07/12/2018 às 06:46
ComentarCompartilhar
Lídio Lopes e sua esposa Adriana LopesLídio Lopes e sua esposa Adriana LopesFoto: Divulgação/Assessoria

Reestruturar e fortalecer a composição política e orgânica no Estado, a partir da soma de forças que agora vão caminhar coesas e movidas por um programa comum voltado à afirmação da ética, do desenvolvimento humanista e dos valores fundamentais da sociedade, como a família, o trabalho e a educação.

Estas são as prioridades que o deputado estadual Lídio Lopes (Patriotas) vai conduzir a partir da decisão recente que incorporou à sigla o Partido Republicano Progressista (PRP), pelo qual o Cabo Daciolo concorreu à presidência da Republica em outubro. Com a incorporação, a executiva nacional continua sendo dirigida pelo presidente do Patriotas, Adílson Barroso, tendo o presidente do PRO como vice.

Para os dirigentes nacionais e os filiados sul-mato-grossenses aos dois partidos, Lídio Lopes tem todas as credencias para liderar esse processo, que terá seu primeiro grande teste em 2020, nas eleições municipais. Reeleito para o terceiro mandato com 27.877 votos, ele está hoje entre as lideranças estratégicas do núcleo de decisões políticas de Mato Grosso do Sul. 

Casado com a vice-prefeita campograndense, Adriane Lopes, é advogado, pastor e lidera um dos mais importantes e influentes segmentos evangélicos do Estado.Membro da Igreja Evangélica Assemleia de Deus Missões, é do quadro dirigente local e estadual da União da Mocidade das Assembleias de Deus (Umadecamp). 

Lídio coordena a Frente Parlamentar de Mobilização Nacional Pró-Criança e Adolescente Para o Centro-Oeste (Fenacria). Atua com desenvoltura e regularidade em iniciativas de cunho humanista e na área esportiva. Sua iniciação política foi com a eleição para uma das cadeiras da Câmara de Vereadores de Campo Grande.

Com a incorporação o Patriotas cumpre a cláusula de barreira e passa a ter uma bancada com nove deputados federais e votos suficientes para ser mantido como partido politico. A fusão dos partidos é um caminho natural para as siglas que precisam atingir a cláusula.  

Texto: Edson Moraes 
 

Deixe seu Comentário

TV MS

04 de novembro de 2018
Entrevista - Alessandra Maestrine e Mirna Rubim falam sobre o espetáculo 'O Som e a Sílaba'

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 3305.4739
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma