Prefeitura 2019
quarta, 16 de janeiro de 2019

Eleições 2016

Marquinhos manté vantagem que pode dispensar 2º turno

Nova pesquisa mostra Bernal colado em Rose e candidato do PSD com intenção de voto superior à soma do concorrentes

Por: Redação19/09/2016 às 07:38
ComentarCompartilhar

O candidato do PSD à sucessão campograndense, Marquinhos Trad, entra hoje segunda-feira, a 13 dias da eleição, com a mesma diferença que tinha na pesquisa anterior sobre a segunda colocada, Rose Modesto (PSDB), e pontuação superior à soma dos outros 14 concorrentes, o que pode tornar desnecessário um segundo turno. Uma novidade é o prefeito Alcides Bernal (PP) no limite do empate técnico com a candidata tucana. 

 

Este é o cenário exibido na mais recente amostragem do Instituto Valle Pesquisas. Com o registro MS-05871/2016 e 850 entrevistas colhidas de 13 a 17 deste mês, a pesquisa foi contratada pór João Filho Lopes dos Reis, tem nível de confiança em 95% e 3,4% na margem de erro, para mais ou para menos.

 

Na consulta espontânea, Marquinhos lidera com 29,76%, seguido por Rose com 14,70% e Bernal com 10,82%. Os demais candidatos pontuados e respectivas intenções de voto são: Marcelo Bluma (PV) e Coronel David (PSC), com 0,82%; Marcos Alex (PT), 0,35%; Suel Ferranti (PSTU), 0,11%. Os outros concorrentes não receberam pontuação. O ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB), que não é candidato, teve 0,5 das citações. O contingente de indecisos e dos eleitores que pretendem votar em branco, anular o voto ou não responderam é grande: 42,4%.

 

Se forem somados os índices dos candidatos pontuados na espontânea e que concorrem com Marquinhos, o resultado é 27,62% das intenções de voto - ou 2,14 a favor do candidato do PSD, que com mais de 50% dos votos válidos estaria eleito no primeiro turno.

 

ESTIMULADA - Pelo método da entrevista estimulada, a dianteira de Marquinhos é ainda maior. Ele tem, segundo a Valle, 42,11% das intenções de voto, quase o dobro de Rose (21,88%). Bernal, em terceiro, aparece com 15,76%. Na sequência estão Coronel Davi, com 2,11%; Alex do PT e Athayde Nery (PPS), 0,70%; Marcelo Bluma, Pedrossian Filho (PMB) e Suel, 0,35%. Rosana Santos (PSOL, Aroldo Figueiró (PTN) e Elizeu Amarilha (PSDC), 0,23%; Adalto Garcia (PRTB), José Arce (PCO) e lauro david 9Peos), 0,11%. Os indecisos, brancos, nulos e os que não responderam são 14,67%.

 

VOTOS VÁLIDOS - O instituto calculou também como ficam os candidatos em relação aos votos válidos, que não incluem as intenções dos que votam em branco, nulos e indecisos. Marquinhos Trad tem 49,31%, quase duas vezes o índice de Rose (25,69%), enquanto Bernal chega a 18,45%. A lista é completada assim: Coronel David, com 2,48%; Alex e Athayde, 0,82%; Bluma, Suel e Pedrossian Filho, 0,41%; Rosana, Aroldo e Amarilha, 0,27%; Adalto, Arce e lauro, 0,13%.

 

REJEIÇÃO - Os dois líderes de rejeição dos eleitores são o prefeito Alcides Bernal, com 32,23%, e Alex do PT, com 16,11%, em quem os entrevistados disseram que não votariam de jeito nenhum. Em seguida aparecem Rose, com 13,05%; Marquinhos, 10,70%; Coronel Davi, 2,11; Bluma e suel, 1,17%; Athayde, 0,5%; Arce, 0,94; Amarilha, 0, 58%; Rosana, 0,47%; e Pedrossian Filho, 0,23%. Os outros não foram mencionados.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

04 de novembro de 2018
Entrevista - Alessandra Maestrine e Mirna Rubim falam sobre o espetáculo 'O Som e a Sílaba'

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 3305.4739
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma