ANIVERSÁRIO PMCG BARTZ HABITAÇÃO

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

ANIVERSÁRIO PMCG BARTZ LED
tera, 20 de agosto de 2019

"FILHO DO REI"

Núcleo de combate à corrupção do MP investiga Flávio Bolsonaro, diz TV

Senador é alvo de denúncias sobre "aumento patrimonial exponencial" e "negociações relâmpago e extremamente lucrativas" no mercado imobiliário

Por: VEJA08/02/2019 às 05:51
ComentarCompartilhar
O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), durante solenidade de posse do Senado Federal.O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), durante solenidade de posse do Senado Federal.Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) é alvo de uma investigação do núcleo de combate à corrupção do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ), segundo informações divulgadas pelo Jornal Nacional, da TV Globo, desta quinta-feira 8. A investigação teve início em maio de 2018 e apura a evolução patrimonial do político desde o início de sua carreira política.

Segundo o MPF, Flávio, que é filho do presidente Jair Bolsonaro, começou a ser investigado após a denúncia de um advogado sobre as negociações de imóveis feitas pelo senador. Na época, ele era deputado estadual.

Em despacho da procuradora regional da República Maria Helena de Paula, então coordenadora criminal, consta que o caso deveria ser analisado pelo núcleo criminal de combate à corrupção por suspeitas ligadas a “aumento patrimonial exponencial” e “negociações relâmpago e extremamente lucrativas”.

Essa investigação criminal se soma a outra, no âmbito eleitoral, que também tem Flávio como algo. Ele é investigado por suposta falsificação de documento público para fins eleitorais e lavagem de dinheiro. Como hoje Flávio é senador, esse caso foi encaminhado parra a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que o devolveu para a Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (PRE-RJ), entendendo que as denúncias são de antes da posse no Senado.

Segundo o Jornal Nacional, a nova investigação seguirá o mesmo caminho, com o Ministério Público encaminhando o caso para a Procuradoria-Geral da República tendo em conta o foro privilegiado do Senador. Será, então, decidido se a investigação permanece no Rio ou em Brasília, além de definir em qual instância.

A assessoria de Flávio Bolsonaro declarou que o senador é vítima de perseguição política e que ele repudia a tentativa de imputar irregularidades e crimes onde não há.

Deixe seu Comentário

TV MS

16 de agosto de 2019
Após 30 anos de espera região Norte da Capital recebe asfalto

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma