MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

sexta, 15 de novembro de 2019

Tereza Tucana

‘Privilégios permanecem’, diz única tucana que votou contra reforma

Tereza Tucana (PSDB-AL) declarou que as mudanças nas regras da aposentadoria vão contra os trabalhadores

Por: VEJA11/07/2019 às 14:26
ComentarCompartilhar
Deputada Tereza Nelma (PSDB-AL) (Reprodução/Facebook)Deputada Tereza Nelma (PSDB-AL) (Reprodução/Facebook)

O PSDB foi o primeiro partido a fechar questão a favor da reforma da Previdência, que foi aprovada nesta quarta-feira por 379 votos contra 131 na Câmara dos Deputados. Além do relator do texto ser o deputado tucano Samuel Moreira, o secretário especial da Previdência do governo Bolsonaro, Rogério Marinho, também é filiado à sigla. Mesmo assim, a bancada do PSDB não entregou todos os seus 29 votos a favor da emenda constitucional que altera as regras de aposentadoria. A deputada federal Tereza Nelma (AL) desconsiderou a orientação do partido e votou contra a reforma.

“Não poderia jamais trair as pessoas que mais precisam que seriam prejudicadas pelo texto que o governo enviou”, disse ela, em vídeo publicado na noite desta quarta-feira. “Lutei muito para incluir emendas que pudessem melhorar o texto, tivemos algumas conquistas, mas que não foram suficientes para acabar com os privilégios”, completou.

Não é a primeira vez que a parlamentar destoa da posição dos colegas de partido. Conhecida por suas bandeiras em defesa das mulheres e do público LGBT, ela apoiou o candidato do PT Fernando Haddad contra Jair Bolsonaro no segundo turno da eleição passada – segundo ela, “em defesa da democracia e das minorias”. Professora e psicóloga, ela está em seu primeiro mandato na Câmara e foi a única mulher de Alagoas eleita para o Parlamento.

Na quarta-feira, Tereza comunicou ao presidente do PSDB, Bruno Araújo, que votaria contra a reforma. E foi alertada por ele de que poderia sofrer sanções por essa decisão, que vão de afastamento de cargos em comissões até a expulsão. O partido deve agora se reunir para decidir o que fazer. A parlamentar, por sua vez, já avisou que vai tentar alterar o texto aprovado com a apresentação dos destaques.

Deixe seu Comentário

TV MS

30 de outubro de 2019
Árvores plantadas na nova 14 de Julho darão frescor ao Centro

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma