MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

PRESTAÇÃO DE CONTAS PMCG BW3
quarta, 24 de julho de 2019

TRANSPORTE

Sem dinheiro para tirar ônibus velhos, sócios embolsaram lucro de R$ 7 milhões em 2017

Consórcio não cumpre o contrato de concessão, firmado no ano 2012, que prevê a frota com idade média de cinco anos

Por: O JACARÉ10/05/2019 às 12:08
ComentarCompartilhar
Apesar do serviço ser considerado ruim e caro, empresários ficam com lucro milionário e não têm do que reclamar do transporte coletivo da CapitalApesar do serviço ser considerado ruim e caro, empresários ficam com lucro milionário e não têm do que reclamar do transporte coletivo da CapitalFoto: Reprodução

Sem dinheiro para comprar novos ônibus e tirar os 48 velhos em circulação, o Consórcio Guaicurus destinou praticamente todo o superávit registrado em 2017 para o pagamento de dividendos. Conforme documento encaminhado à Agência Municipal de regulação, os sócios embolsaram o lucro de R$ 7 milhões contabilizado naquele ano, deixando apenas R$ 252 mil para investimentos.

O problema é que o consórcio não cumpre o contrato de concessão, firmado no ano 2012, que prevê a frota com idade média de cinco anos. Agora, as quatro empresas reagiram à notificação da Agência Municipal de Regulação, que determinou a substituição imediata dos veículos com até mais de 10 anos sob pena de multa de R$ 2,7 milhões.

Na semana passada, o consórcio ingressou com ação de antecipação de produção de provas na Justiça. O objetivo é realizar perícia para verificar o equilíbrio econômico-financeiro do contrato.

Para reforçar o pedido, o grupo anexou auditoria realizada pela Max Valor Consultoria e Treinamento e os relatórios encaminhados à Agereg.

Em um dos documentos, as empresas Cidade Morena, Jaguar, São Francisco e Campo Grande informam que os sócios ficaram praticamente com todo o lucro de 2017. O consórcio não só defende a distribuição do lucro de R$ 7 milhões entre os sócios, como argumenta que a prefeitura deveria adotar medidas para elevar os ganhos em mais R$ 10 milhões.

Pelo cálculo do consórcio, o lucro de 2017 deveria ser de R$ 17,2 milhões, o que garantiria o pagamento dos dividendos e ainda o investimento de R$ 10 milhões para manter a frota na idade média prevista em contrato.


Trecho em que consórcio diz que pagou dividendos
 

Sem condições de realizar investimentos, em decorrência das supostas perdas de R$ 76,9 milhões contabilizadas entre 2013 e 2018, o consórcio prevê que a idade média dos ônibus chegará a 7,35 anos, quase dois anos e meio acima do previsto no contrato.

Outro problema argumentado no documento é que o contrato prevê taxa interna de retorno de 12,24%. Esse índice só foi alcançado em 2015, quando o grupo deixou de investir R$ 14,3 milhões.

Apesar de não cumprir o contrato, os donos das empresas de ônibus continuam tendo motivos de sobra para sorrir. De acordo com a ação judicial, o lucro teve aumento de 54% no ano passado, chegando a R$ 11,177 milhões.

O problema é que enquanto os empresários celebram os lucros milionários, o usuário continua sofrendo com a precariedade do serviço.

Sem condições de realizar investimentos, em decorrência das supostas perdas de R$ 76,9 milhões contabilizadas entre 2013 e 2018, o consórcio prevê que a idade média dos ônibus chegará a 7,35 anos, quase dois anos e meio acima do previsto no contrato.

Outro problema argumentado no documento é que o contrato prevê taxa interna de retorno de 12,24%. Esse índice só foi alcançado em 2015, quando o grupo deixou de investir R$ 14,3 milhões.

Apesar de não cumprir o contrato, os donos das empresas de ônibus continuam tendo motivos de sobra para sorrir. De acordo com a ação judicial, o lucro teve aumento de 54% no ano passado, chegando a R$ 11,177 milhões.

O problema é que enquanto os empresários celebram os lucros milionários, o usuário continua sofrendo com a precariedade do serviço.

Deixe seu Comentário

TV MS

11 de julho de 2019
Fábio Trad fala sobre indenização a Zeca e alerta MP-MS

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma