MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

Câmara CG - Maio
terça, 21 de maio de 2019

CENÁRIO 2020

Sucessão em Dourados: Marçal Filho se consolida na preferência

Prefeita Délia Razuk é a campeã em rejeição e pode ficar fora da disputa

Por: REDAÇÃO17/05/2019 às 17:32
ComentarCompartilhar
Foto: Reprodução/Web

Se as eleições fossem hoje, o deputado estadual Marçal Filho (PSDB) seria eleito para suceder Délia Razuk (PR) na Prefeitura de Dourados. De acordo com a mais recente consulta de intenções de voto feita pela Ranking Pesquisas e Comunicação, ele lidera as opções do eleitorado nas diversa simulações e ainda tem a mais baixa pontuação no ranking de rejeições, enquanto ela, além de uma gestão mal avaliada, ainda seria a mais rejeitada na hipótese de ingressar no páreo sucessório.

Realizada de 04 a 13 deste mês com 1.200 pessoas a partir dos 16 anos de idade, a pesquisa tem um intervalo de confiança de 95% e margem máxima de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. O número de indecisos, de quem não respondeu e de quem não soube responder é bem grande: 77,16% dos entrevistados. Na consulta espontânea, Marçal chegou a 15,25%, quase três vezes à frente do segundo colocado, o deputado estadual Renato Câmara (MDB), que tem 5,41%.

Os mais próximos concorrentes citados são o secretário de Saúde e deputado federal licenciado Geraldo Resende (PSDB), com 3,08%; o pecuarista, assessor do Ministério do Meio Ambiente e primeiro suplente da senadora Soraya Tronicke (PSL), Rodolfo Nogueira, com 2,75%. O deputado estadual Barbosinha (DEM) tem 2,00%, o vereador Alan Guedes 1,75% e a prefeita Délia Razuk, 1,33%. Os outros citados somam 1,25% e 67,18% formam a legião de quem está indeciso, quer anular o voto ou votar em branco.

Já na consulta estimulada a diferença pró-Marçal sobre Renato Câmara é maior: o tucano tem 29,16% e o emedebista 9,08%. A relação se completa, pela ordem, com Geraldo Resende (6%), Murilo Zauith (4,33%), Rodolfo Nogueira (4,00%), Barbosinha (3,75%), Alan Guedes (3,25%) e Délia Razuk (3,00%). Os brancos, nulos e indecisos são 37,43%. Vale observar que Zauith não pretende ser candidato a prefeito e Resende teria assumido com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) o compromisso de não concorrer em 2020.


 DE JEITO NENHUM 

Na tabela de rejeições, a ponta é ocupada pela prefeita Délia Razuk. Mais de um terço dos eleitores (33,25%) citaram seu nome para responder à pergunta sobre em quem não votariam de jeito algum. Délia é esposa do ex-deputado estadual Roberto Razuk e ambos têm um filho, Neno Razuk (PTB), que ocupa hoje uma das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa.

A segunda maior rejeição é de Geraldo Resende (9,75), seguido por Murilo Zauith (7,08%), Barbosinha (4,25%), Renato Câmara (4,08%), Alan Guedes (3,16%), Rodolfo Nogueira (2,25%) e Marçal Filho (2,00%). O total dos votos em branco, nulos e de eleitores indecisos é 34,18%. A presença de Rodolfo Nogueira no cenário político douradense aconteceu efetivamente quando teve seu nome içado para ocupar cargos de destaque: a primeira suplência da senadora Soraia Thronicke (PSL) e um cargo na assessoria do ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

05 de maio de 2019
OBRAS NA ERNESTO GEISEL EM CAMPO GRANDE E ENTREGA DE AMBULÂNCIAS

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma