24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

Governo pretende recuperar áreas degradadas em MS

O novo secretário da Sepaf disse que um dos objetivos é a recuperação das áreas degradadas

A- A+

Mato Grosso do Sul possui hoje aproximadamente nove milhões de hectares de pastagens degradadas, e o assunto voltou à pauta do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), com o objetivo de recuperação dessa  área para investir na produção.

O novo titular da Sepaf (Secretaria de Produção e Agricultura Familiar), Fernando Mendes Lama, disse que cada  uma das regiões que possuem áreas degradadas merece um tipo de recuperação, já que existem diferentes  níveis degradação.

“Tem áreas que se recupera com a própria pastagem, áreas que a recuperação é integral, incluindo a lavoura, pecuária e floresta, e o outras que se recupera com a agricultura, depende de cada uma, para cada região há uma estratégia”, disse Fernando.

Para isso é necessário incentivo para que os produtores tenham acesso aos recursos de produção. “ O estado pode ajudar com conhecimento, informação e recursos financeiros  como linha de crédito”, disse.

De acordo com o titular, o Estado possui áreas degradadas de leste a oeste e de norte a sul, principalmente nas regiões de Três Lagoas e Coxim. O local que menos possui áreas degradadas é a região sul do Estado.