22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Lançamentos da Embrapa no primeiro dia da feira

A- A+

A Embrapa participa da Expodireto Cotrijal 2016 com 11 unidades da empresa apresentando tecnologias no campo e no estande institucional. Os lançamentos estão marcados para o primeiro dia, 07/03, às 11h30. As novidades são uma cultivar de soja e um livro sobre trigo, além da assinatura de um contrato de parceria para uso eficiente do solo e redução de custos nas lavouras de arroz. A Expodireto Cotrijal acontece de 7 a 11 de março, em Não-Me-Toque, RS.

A soja BRS 5601RR é o lançamento da Embrapa Trigo (Passo Fundo, RS), desenvolvida para atender a demanda dos produtores por cultivares capazes de somar características como ciclo precoce, alto potencial produtivo, hábito de crescimento indeterminado, estatura de planta baixa e sanidade. A produtividade média chega aos 72 sacos por hectare. A cultivar está indicada para cultivo na Macrorregião Sojícola 1, especialmente nas regiões edafoclimáticas 102 e 103, as quais abrangem parte dos estados do RS, SC, PR e SP. A comercialização de sementes está a cargo da Embrapa Produtos e Mercado escritório de Passo Fundo.

O livro “Trigo: 500 perguntas, 500 respostas”, editado pela Embrapa Trigo e Embrapa Informação Tecnológica, é uma publicação elaborada em linguagem simples, com o objetivo de esclarecer dúvidas relacionadas ao cultivo do trigo no País. São mais de 300 questões identificadas a partir de questionamentos de produtores e assistência técnica sobre a cultura. Abrange temas como melhoramento, biotecnologia, produção de sementes, clima, manejo de solos e adubação, semeadura, controle de pragas e doenças, além de operações de colheita e pós-colheita.

A Embrapa e a empresa Trimble assinam um contrato de parceria para estabelecer práticas ou processos agropecuários relativos ao manejo eficiente do solo em terras baixas do Sul do País e para produção sustentável de diferentes sistemas de produção em arroz. A parceria prevê várias atividades para desenvolvimento de pesquisa, validação e transferência de tecnologias, realizadas em bases físicas da Embrapa Clima Temperado (Pelotas-RS) e em propriedades particulares localizadas em regiões arrozeiras do Rio Grande do Sul, estrategicamente escolhidas pelas duas instituições.