24 de julho de 2024
Campo Grande 31ºC

AGRONEGÓCIO

Maçãs do algodão são beneficiadas por suplementação de enxofre e potássio

Micronutrientes ajudam desenvolvimento saudável do algodoeiro, informam especialistas da BRQ Brasilquímica

A- A+

Cerca de 37% das plantações de algodão no Brasil estão atualmente na fase de formação das maçãs, um estágio crucial para a qualidade das fibras, revela a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Nesse cenário, a BRQ Brasilquímica destaca a importância do fornecimento de micronutrientes para garantir o desenvolvimento ideal das plantas.

"A quantidade não é tudo na agricultura. Tão importante quanto o manejo fitossanitário é o cuidado nutricional com a lavoura. A suplementação de micronutrientes favorece o desenvolvimento da planta e ajuda na fase de enchimento das maçãs, rendendo fibras de melhor qualidade", afirma Murilo Spina, diretor comercial da BRQ Brasilquímica.

O enxofre e o potássio são nutrientes fundamentais nessa etapa do cultivo, influenciando diretamente o enchimento das maçãs e a qualidade das fibras. A BRQ desenvolveu o fertilizante líquido SK 30.30, que combina esses elementos essenciais em uma formulação de alta solubilidade, promovendo rápida absorção pelas plantas.

Com a totalidade da área já semeada no país, o algodão está em fase de maturação em 62% das plantações, segundo dados da Conab. Apesar de uma ligeira queda na produtividade estimada, motivada pelo aumento da área cultivada, as condições climáticas favoráveis têm impulsionado o avanço positivo da safra.

A BRQ Brasilquímica, empresa especializada na produção de insumos agrícolas, busca contribuir para o aumento da rentabilidade do agronegócio por meio de soluções de alta qualidade e performance. Com um portfólio diversificado, a empresa investe em pesquisa e desenvolvimento para atender às demandas dos produtores rurais, garantindo excelência em seus produtos e satisfação dos clientes. Para mais informações, acesse www.brasilquimica.com.br.