02 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Ministra quer agilizar registro de produtos para pesquisa

O Registro Experimental Temporário (RET) de agroquímicos utilizados nas agricultura poderá passar por processo de desburocratização. Na ultima quarta-feira (5), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu anunciou que vai criar mecanismos para facilitar e reduzir o prazo do registro final desses produtos.

De acordo com Kátia Abreu, o Ministério da Agricultura,  também quer duplicar o número de agrônomos para agilizar a análise desses produtos, antes da liberação comercial. “Cada técnico analisa 40 processos por ano e duplicaremos a quantidade de agrônomos para que tenhamos um número maior de produtos analisados”, disse.


Conforme a ministra, são muitas dificuldades para a captação do crédito rural. Ela afirmou que houve um aumento de 30% na tomada de crédito por parte de agricultores entre julho e setembro da safra 2015/2016, em relação ao mesmo período do ciclo passado. Admitiu, no entanto, que, devido à crise, as instituições financeiras estão mais restritivas na análise de liberação de empréstimos.