24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

Projeto Rural

Programa Agrinho irá atender 170 escolas da rede pública e 64 mil estudantes

O trabalho realizado com os estudantes tem a finalidade de melhorar a integração das crianças que moram no ambiente rural

A- A+

O Senar ( Serviço  Nacional de Aprendizagem Rural), lançou agora pouco, o Programa Agrinho 2015, que irá atender 170 escolas, em 19 municípios do Estado. O trabalho realizado com os estudantes tem a finalidade de melhorar a integração das crianças que moram no ambiente rural, que normalmente enfrenta muitas dificuldades para chegar na sala de aula.

O programa irá desenvolver os Temas Transversais propostos nos PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) estabelecidos pelo Ministério da Educação: Ética, Pluralidade Cultural, Meio Ambiente, Trabalho e Consumo, Saúde, Orientação Sexual e Temas Locais, com foco na sustentabilidade, valores e conexão campo cidade. O material que será entregue este ano para 170 escolas foi regionalizado por uma equipe de especialistas nas áreas de cultura, território, economia, meio ambiente e educação que trabalharam por quase três meses na adaptação.

Para o diretor de relações institucionais do Senar, Rogério Bereta, o programa já deu certo em outros estados e aqui no Mato Grosso do Sul o projeto está bem estruturado para que isso também aconteça. “O programa e fundamental porque leva conhecimento e termo de fundamento ético, cidadania e meio ambiente aos alunos”, disse.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) esteve no lançamento do Agrinho e falou que o programa é importante para a formação dos jovens. “Se existe economia hoje, isso se deve ao setor produtivo do país e o Programa Agrinho é importante porque  leva para os jovens que pode existir a produção com sustentabilidade e a produção ao futuro do país”, afirmou

Milton Pickler, presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) acredita que o programa é importante para a sociedade, pois abrange vários temas relevantes e que no ano passado o projeto já foi um sucesso “O agrinho é a maior iniciativa de responsabilidade fiscal, onde 19 municípios vão ser contemplados, 173 escolas urbanas e rurais, e neste ano, que o segundo ano do programa, 3500 professores vão receber as apostilas para se especializarem”.