18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Agronegócios

Senar - Acre promove evento de apoio aos pequenos produtores rurais na Capital

Em meio ao cenário pandêmico, muitos produtores rurais acreanos se viram com dificuldades para vender suas produções. Com as novas medidas de segurança, que focam principalmente em evitar aglomerações, a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) desenvolveu o projeto nacional Feira Segura, pensado para viabilizar a continuidade de feiras livres com segurança na pandemia.

Neste mês, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Acre) adere ao projeto com participação de pequenos produtores rurais do Polo Geraldo Fleming, em Rio Branco. A data da ação está marcada para o dia 30 deste mês, e reunirá os produtores no espaço de mercado no bairro Manoel Julião, sendo esta uma realização em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (SAFRA).

Mobilização com a comunidade do Polo Geraldo Fleming. Foto: Reprodução

Para a realização do evento, as regionais do Senar seguem um guia, criado pela CNA, que contém todas as especificações e exigências do evento, incluindo distância entre os estandes, uso de álcool, limpeza de sacolas e outras normas de segurança.

"A Regional Acreana está se integrando ainda mais às atividades a nível nacional, permitindo que os produtores tenham essa oportunidade de retomar esta atividade que antes de 2020 era tão comum. A edição da feira será realizada na modalidade convencional, viabilizando o escoamento da produção agropecuária, ao mesmo tempo seguindo todas as recomendações para evitar a disseminação do coronavírus", destacou Ilcilene Malini, gerente técnica do Senar AC.

Além da Feira Segura, no mês passado foram destinadas mais de mil cestas básicas para pequenos produtores rurais em nove municípios acreanos, doadas pela CNA através do presidente João Martins.

SOBRE A FEIRA SEGURA

No ano passado, foram 132 edições da Feira Segura realizadas no modelo tradicional adaptado ou drive thru, seguindo orientações para evitar o contágio por coronavírus, em 88 municípios da Bahia, Tocantins, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pará, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e no Distrito Federal.

Juntas, estas edições atenderam 4.253 feirantes, 56 mil consumidores e movimentaram R$ 692 mil nas atividades das feiras.

Fonte: CNA Brasil