30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Carnaval de rua de São Paulo será regulamentado em 2014

A Secretaria Municipal de Cultura deve regulamentar o Carnaval de rua de São Paulo até o fim de janeiro. O prefeito Fernando Haddad em parceria com o secretário do Ministério da Cultura, Juca Ferreira, está analisando as propostas e ideias que foram discutidas no Seminário de Carnaval e Celebrações de Rua, durante três dias do mês de dezembro, para elaborar o decreto.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria, os blocos de rua de São Paulo ganharão mais destaque e deixarão de ser descriminalizados. Por enquanto, não há informações sobre como ocorrerá a regulamentação dos blocos e quais os locais serão destinados a eles.

Antes da conclusão dessa regulamentação, os moradores da cidade serão ouvidos pelo Grupo de Trabalho Intersecretarial, coordenado por Juca.

"O seminário serviu para tirar essa cara de descriminação que o Carnaval de Rua de São Paulo tem e serviu para resgatar a essência da comemoração. O objetivo é incrementar o samba na sociedade, não só no Carnaval, mas em outros eventos da capital. Foi discutido, por exemplo, a locomoção das pessoas, a segurança", contou o produtor musical e pesquisador das raízes culturais afro-brasileiras, Moisés da Rocha ao UOL.

Além de representantes nacionais como - o presidente da Sebastiana (RJ), bloco do Galo da Madrugada (Recife), o Bloco Afro Ilú Oba de Min, Bloco Bastardo, Bloco Carnavalesco João Capota na Alves, responsáveis das áreas de turismo, segurança, políticas públicas e organizações culturais, também foram ouvidos dois ingleses especialistas em segurança na Inglaterra.

Agênca UOL