23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

FAMOSOS

Dias entra na Justiça contra Anitta, pede quase R$ 150 mil de indenização por calúnia

No processo consta que mentiras que teriam sido contadas por Anitta fizeram com que Leo Dias fosse demitido do UOL

O jornalista Leo Dias entrou na Justiça contra a cantora Anitta, acusando a cantora de calúnia e difamação. Dias alega que a funkeira espalhou muitas mentiras sobre ele nas redes sociais, inclusive, a acusação de que ele [Leo Dias] estaria chantageando Anitta. O processo foi registrado o início desse mês, em 2 de novembro, como punição Dias pede que a justiça faça com que Anitta lhe pague quase R$ 150 mil. 

No processo consta que mentiras que teriam sido contadas por Anitta fizeram com que Leo Dias fosse demitido do UOL, portal em que, segundo ele, ganhava R$ 47,5 mil ao mês. Os advogados do jornalista pedem esse valor representando os salários que ele perdeu e o mês que ele ficou desempregado.

Nos vídeos que Anitta publicou nas redes sociais, ela diz que sofria chantagens do jornalista, por isso divulgava informações de outras celebridades para ele. Os advogados de Leo Dias negam essas afirmações e incluíram prints no processo dos dois conversando amigavelmente sobre a vida alheia por mensagens. A defesa do jornalista ainda garante que a funkeira fornecia "notícias favoráveis a seu respeito, notícias contra seus desafetos e diversas outras matérias feitas por informações passadas pela requerida".

"As ofensas feitas pela requerida [Anitta] ao requerente [Leo], em redes sociais, ofenderam a sua honra, sua dignidade e profissionalismo, o que gera direito à indenização por danos morais, já que o levou a experimentar dor e sofrimento íntimos, expondo-o também à formação de juízo comum diverso do que deveria ostentar, e pior o fez perder seu emprego no portal UOL, onde recebia o valor de R$ 47,5 mil mensais. Além de até hoje, quase seis meses depois, o requerente ser ofendido quase que diariamente em suas redes sociais por fãs da requerida", diz o processo.