01 de outubro de 2020
Campo Grande 41º 22º

Marcelo Loureiro se diz surpreso com convite para representar MS em Nova Iorque

O instrumentista Marcelo Loureiro, recebeu a reportagem do site MS Notícias em seu escritório e contou um pouco mais sobre sua história e carreira como músico e ator. Confira na íntegra a história desse músico que tem se destacado pelo Brasil e pelo mundo Infância Marcelo Loureiro nasceu no Rio de Janeiro no dia 23 de março de 1979 e passou uma parte de sua infância na capital carioca. Quando tinha 11 anos, mudou-se com a família para a cidade de Guia Lopes da Laguna – distante 234 quilômetros de Campo Grande. Aos 12 anos começou a tocar violão, incentivado por seu avô materno. Dessa forma, ele decidiu começar a estudar músicas e aprimorou os acordes com aulas ministradas por “Nico”, um senhor violeiro morador da cidade interiorana, foi ele quem o ensinou mais sobre música. Marcelo era autodidata, pois tirava os acordes para tocar as músicas em seu violão de ouvido.Adolescência No ano de 1996, com 17 anos, mudou-se para Campo Grande e começou a tocar em bares nas noites da Capital. Além de acompanhar músicos sertanejos como Marco Aurélio e Paulo Sérgio, Marcelo tocava MPB e samba também. As noitadas eram em bares na Avenida Afonso Pena, entre as Ruas Rui Barbosa e 13 de Maio. Neste período Marcelo não pensava em seguir carreira solo. Divisor de Águas No final do ano de 1998, com apenas 20 anos, o instrumentista foi diagnosticado com câncer do tipo linfoma. Neste período, Marcelo parou sua rotina noturna em bares da Capital para tratar a doença e foi no ano de 1999 que ele decidiu levar a sério a carreia como músico solo instrumentista, pois, enquanto fazia o tratamento muitas pessoas o procuravam para ouvi-lo tocar. Mídia Após dois anos de tratamento, o músico começou a participar de projetos culturais como show regional na 39ª Feira dos Estados em Brasília – DF, o circuito cultural Banco do Brasil e do projeto Temporadas Populares, do governo do Estado de Mato Grosso do Sul, além de tocar ao lado da violeira Helena Meireles. Foi dessa maneira que Marcelo começou aparecer na mídia e ficar conhecido no Brasil. Outros episódios foram sua participação no primeiro capítulo da novela América da Rede Globo, e também sua participação no Programa do Jô.Hoje De acordo com Marcelo Loureiro, hoje o seu foco é no filme “Desafio da Viola”, onde ele faz o papel do protagonista que é um anjo, conhecido como “Violeiro”. O filme será lançado no dia 23 de março na Concha Acústica, no Parque das Nações Indígenas. As gravações aconteceram na Rotunda e no Inferninho, na Capital sul-mato-grossense. Hoje o músico tem em sua rotina musical o violão, a harpa e a viola. Exposição “Mato Grosso do Sul Visto Pelo Mundo” O prédio da ONU (Organização das Nações Unidas), localizada na cidade de Nova Iorque, recebe neste mês a exposição “Mato Grosso do Sul Visto Pelo Mundo”, dos dias 12 a 27 deste mês. Inicialmente o instrumentista irá apresentar-se no jantar que será oferecido a diversos embaixadores de diferentes países. O artista irá tocar músicas folclóricas, samba, bossa-nova e músicas regionais. Além desta apresentação, ele se apresentará no dia da abertura da exposição ao público, ao lado da cantora regionalista Lenilde Ramos. Projetos Hoje, não há nada decidido, mas Marcelo pretende gravar um CD e um DVD, porém não sabe quando nem em que local. “Não sei nada, só penso nesse projeto”, finaliza o instrumentista. Tayná Biazus