27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Morre Wojciech Kilar, compositor das trilhas de "O pianista" e "Drácula"

O compositor polonês Wojciech Kilar, autor da trilha sonora de filmes como "O pianista", de Roman Polanski, morreu no domingo em Katowice (sul da Polônia) aos 81 anos após sofrer durante anos de uma doença não divulgada, informou a agência de notícias local "PAP".

Kilar, que participou da trilha de mais de 160 filmes, tornou-se mundialmente conhecido pelo filme o "Pianista", pelo qual ganhou em 2002 o prêmio César de melhor composição, concedido pela Academia de Cinema francês.

O compositor também escreveu a trilha sonora de "A morte e a donzela", outra obra de seu compatriota Roman Polanski, e "Retrato de uma mulher", da cineasta Jane Campion.

O músico nasceu em 17 de julho de 1932 em Lemberg, cidade que atualmente pertence à Ucrânia mas que esteve sob domínio polonês até o começo da Segunda Guerra Mundial, em 1939.

Kilar iniciou sua formação musical na Academia da Cracóvia (sul da Polônia) antes de se aperfeiçoar em Paris, onde estudou composição com a compositora e pianista Nadia Boulanger.

Posteriormente, enquadraria-se dentro dos movimento artísticos vanguardistas, participando de 1957 do Curso de Verão para uma Música Nova em Darmstadt (oeste da Alemanha).

Finalmente, dedicou-se à composição de obras para orquestras, entre as quais está a Sinfonia de Setembro, homenagem às vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2011.

Em maio de 2012, Kilar recebeu a Ordem da Águia Branca, o reconhecimento mais alto concedido pelo estado polonês.

Agêsncia UOL