23 de setembro de 2020
Campo Grande 31º 17º

Peça teatral Histórias do Meu Quintal encanta público da Capital

As crianças e adultos que foram ao teatro Aracy Balabanian no último final de semana para assistir à peça teatral infantil "Histórias Meu Quintal" produzida pelo grupo Unicórnio tiveram a oportunidade de prestigiar um excelente espetáculo com direito a tudo que uma boa peça infantil merece. Ação, humor, sensibilidade, criatividade e um cenário digno de contos de fadas, encantaram as crianças que não tiravam do palco e das personagens que passaram por ali. A peça que conta história de dois garotos que começam a inventar histórias no quintal de casa traz figuras clássicas do imaginário infantil como fadas e bruxos, mas com identidade atual e diferente da esperada. Uma fada que anda de patinhas, ou melhor, que tenta andar, um príncipe de que virou sapo, mas não quer desfazer o feitiço e um bruxo roqueiro, o Bruxelvis cujo nome foi escolhido pela mãe em homenagem ao rei do Rock.Personagens da literatura internacional como Dom Quixote de La Mancha também fazem parte da história tem transmite a mensagem clara de que imaginação, música e criatividade trazem alegria para o dia a dia de crianças e adulto e devem ser levadas à sério. Outro ponto interessante da peça é a interação com a plateia que se dá em diversos momentos. "Histórias do Meu Quintal" é um espetáculo que alimenta a alma e renova o espírito, pois é leve, mas transmite a mensagem da alegria e da aceitação de diferenças de forma objetiva, mas sempre muita engraçada, e o toque final da peça é, sem dúvida, a interpretação das crianças que é emocionante. Vale apena conferir. No próxima final de semana haverá mais uma apresentação. Nos dias 3 de maio, às 16h, e 4 de maio  às 10h30 e 16h. A classificação é livre e a apresentação tem duração aproximada de 50 minutos. Serviço: Ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A meia-entrada é valida para crianças até 12 anos, estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante. O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na Rua 26 de Agosto, 453. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795. Heloísa Lazarini Assista a um trecho da peça apresentada no domingo: