15 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

Projeto “Quarta Erudita” apresenta espetáculo “Instrumental MS”

Diana Christie com assessoria

Foto: Divulgação

quarta-erudita-fcms-campo-grande-ms-2013_13821ec4

O projeto “Quarta Erudita” contará com a apresentação do espetáculo “Instrumental MS”, de Marcos Assunção Trio e Convidados. Uma realização da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), o evento começa hoje, às 20h, no teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A festividade tem classificação livre e dura aproximadamente uma hora.

Os ingressos serão vendidos a R$ 7,50 (meia-entrada) para todos, na bilheteria do Teatro Aracy Balabanian com uma hora de antecedência do espetáculo. O show apresentará um novo repertório com arranjos em obras de Egberto Gismosti, Pixinguinha, Tom Jobim, Edu Lobo e contará com os convidados Renan Nonato, Guto Costa, Gabriel Basso, Felipe Garcia, Wanderley Caetano, João Pedro, Yuri Macedo e Julio Borda. O concerto traz um novo universo sonoro para a música instrumental brasileira com instrumentos bem peculiares da cultura sul-mato-grossense unidos com instrumentos ligados à música erudita.

Marcos Assunção é graduado em Música pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Ele gravou o 2º CD instrumental “Eu, a Viola e Eles” em 2011 e foi classificado no projeto Pixinguinha da Funarte. Fez apresentações por vários países, como Chile e Espanha. Atualmente, além de concertista, é coordenador pedagógico e professor do projeto Camerata Violeira, através do FIC (Fundo de Investimentos Culturais), além de diretor musical e arranjador da orquestra Camerata Violeira e diretor do Festival Jazz e Viola de Campo Grande.

O projeto Quarta Erudita começou em abril de 2009 e tem por objetivo fomentar e difundir a música erudita, proporcionando à classe artística deste segmento espaço para suas apresentações, incentivando a formação de público e de mercado por meio do acesso aos bens culturais.

Serviço: Mais informações pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.