25 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

ECONOMIA

Aumento do combustível e gás: "Está todo mundo errado", diz Bolsonaro

Petrobrás anunciou hoje, mais um aumento para seus produtos, que vigoram a partir de 3ª-feira, (9.fev)

A- A+

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) comentou com admiradores na porta do Palácio da Alvorada, nesta segunda-feira (8), sobre o preço dos combustíveis, que devem aumentar mais uma vez.

A Petrobrás anunciou hoje, mais um aumento para seus produtos, que vigoram a partir de 3ª-feira, (9.fev), nas refinarias da empresa. O diesel vai subir R$ 0,13 por litro, para R$ 2,24 por litro; a gasolina passará a custar R$ 2,25 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,17 por litro, e o gás de cozinha terá aumento de médio de R$ 0,14 por kg (equivalente a R$ 1,81 por 13kg).

Na sexta-feira, 5, o presidente Jair Bolsonaro acenou com a possibilidade de mudar a forma de cobrança do ICMS pelos Estados para amenizar a alta dos combustíveis, que também tem sido motivo de aumento de inflação, levando o mercado a prever uma possível alta na taxa de juros.

Nesta segunda, Bolsonaro disse que terá reunião com a equipe econômica para tratar do assunto. Outra possibilidade em estudo pelo governo seria reduzir o PIS/Cofins sobre os combustíveis. Após a fala do presidente, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, caiu para a mínima do dia.