05 de maio de 2021
Campo Grande 34º 20º

Economia

Batata e cebola lideram a queda de preços na cesta básica; veja a lista

A- A+
source
Apesar da queda sutil entre fevereiro e março, o preço da cesta básica tem alta de 27% em relação ao ano anterior
Reprodução: iG Minas Gerais
Apesar da queda sutil entre fevereiro e março, o preço da cesta básica tem alta de 27% em relação ao ano anterior


O levantamento mensal do preço da cesta básica, feito pelo Procon-SP em parceria com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), divulgado na última terça-feira (13), revelou que dos 39 produtos pesquisados, 25 encareceram.  Ainda assim, o preço médio da cesta diminuiu 0,10%. A queda foi puxada pelos alimentos , que baratearam 0,41%. O setor de limpeza teve a maior alta, de 6%.

Em relação ao mês anterior, a cesta básica barateou sutilmente. Em fevereiro deste ano, o preço médio era de R$ 1.014,63. Em março, o preço caiu 0,10%, e a média foi R$ 1.013,66.

Leia também

No acumulado dos últimos 12 meses, o aumento chega a 27%. Em março de 2020, o preço médio da cesta básica era de R﹩798,10.

Na variação mensal, 13 produtos diminuíram de preço e 1 permaneceu estável.

Você viu?

A alimentação lidera as baixas. Entre fevereiro e março, o grupo  teve queda, e foi de R$ 893,56 em fevereiro a R$ 889,90 em março. Entre março de 2020 e de 2021, entretanto, houve alta de 22,73%, já que, naquela época, a média era R$ 687.

As comidas que mais baratearam foram:

  • Batata -16,81%
  • Cebola - 4,94%
  • Queijo Muçarela Fatiado - 4,41%
  • Arroz - 2,96%

Entre as que encareceram, estão:

  1. Bolacha de maisena +9,32%
  2. Ovos + 6,29%.
  3. Carne de segunda 1,96%

Os vilões foram o sabão em pó, com alta de 10,73% em relação ao mês anterior, a bolacha de maizena, que encareceu 9,32% e a água sanitária, com aumento de 6,9%.

Os custos médios dos itens de limpeza doméstica passaram de R$ 46,81, em fevereiro, para R$ 49,65, em março, com variação de 6,07%. No acumulado do ano, as maiores altas foram no sabão em barra, em 15,82%, sabão em pó, 6,85%, amaciante, 4,20% e detergente, 0,61%.