08 de maio de 2021
Campo Grande 26º 13º

Economia

Cai número de mortes no trânsito em São Paulo no primeiro trimestre

A- A+
source
Na capital paulista houve queda de 5,8% no número de óbitos no trânsito entre janeiro de março de 2021
Agência Brasil
Na capital paulista houve queda de 5,8% no número de óbitos no trânsito entre janeiro de março de 2021

De acordo com o mais recente levantamento realizado pelo Infosiga SP, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo programa Respeito à Vida e Detran.SP, o Estado de São Paulo registrou queda de -5,8% no número de óbitos no trânsito nos três primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Foram 1111 fatalidades , enquanto no mesmo período de 2020 foram 1180 registros. Analisando os dados nos meses de janeiro, fevereiro e março, desde 2015, a redução acumulada é de 29,1%.

Na capital paulista, a queda na série histórica desde 2015 é de 25,9% nas fatalidades de trânsito . Já na comparação entre 2020 e 2021 houve alta: foram 203 registros no primeiro trimestre de 2021 contra 191 em 2020 (+6,3%).

A análise dos primeiros trimestres desde o ano 2015 mostra que, nas vias municipais , a queda no número de fatalidades foi de 43,2% e nas rodovias de 18,4%.

Entre 2020 e 2021 também houve redução. No primeiro trimestre de 2020 foram registrados 502 óbitos em rodovias e 608 em vias municipais, enquanto no mesmo período de 2021 foram 497 registros em rodovias (-1%) e 539 registros em vias municipais (-11,3%).

Você viu?

Com relação à Capital, o índice de fatalidades causadas por acidentes nas rodovias caiu 50% desde 2015. Nas vias municipais, a redução foi de 29,4% nos últimos seis anos.

A análise do programa Respeito à Vida indica ainda queda nas fatalidades entre pedestres (-44,2%), ocupantes de automóveis (-28,6%) e motociclistas (-7%) desde 2015. Análise que se repete na Capital, onde o número de acidentes fatais caiu 46% entre pedestres, 9% entre motociclistas e 3% entre ocupantes de automóveis nos últimos seis anos.

De acordo com o levantamento mensal, que traz dados do Estado de São Paulo ao longo do último mês de março, houve queda no número de acidentes com vítimas, que incluem ocorrências não fatais . Foram 13.154 registros, enquanto em março de 2020 foram 14.056 (-6,4%). Com relação ao número de fatalidades, a redução é ainda mais significativa: 381 óbitos em março deste ano contra 439 em 2020 (- 13,2%).

Meios de transporte

Entre os motociclistas, a redução do número de ocorrências fatais em março foi de 24,4%, de acordo com o Detran SP
Divulgação/O Dia
Entre os motociclistas, a redução do número de ocorrências fatais em março foi de 24,4%, de acordo com o Detran SP

A análise do programa Respeito à Vida indica ainda queda nas fatalidades entre motociclistas e pedestres em março de 2021. A maior redução ocorreu entre os pedestres : foram registradas 88 fatalidades, contra 122 em março do ano passado (-27,9%).

A queda também foi significativa entre os motociclistas, com 127 ocorrências fatais em março, contra 168 no mesmo período de 2020 (-24,4%).Entre ocupantes de automóveis e ciclistas houve alta de 3,4% e 11,8%, respectivamente.

Fonte: IG CARROS