18 de maio de 2021
Campo Grande 32º 19º

Economia

Câmara aprova extensão do prazo do IR para 31 de julho

A- A+
source
Prazo final era de 31 de maio; texto precisará do aval de Jair Bolsonaro
Nicolas Nogueira
Prazo final era de 31 de maio; texto precisará do aval de Jair Bolsonaro

A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira (13) a extensão do prazo para o fim da entrega das declarações do Imposto de Renda de 2021 para 31 de julho. A Receita Federal já havia prorrogado a data para 31 de maio.

Para ter validade, o projeto precisará da sanção do presidente Jair Bolsonaro, mas, segundo deputados, a matéria não deve encontrar resistência no Palácio do Planalto. Entretanto, membros do Fisco acreditam que antecipação do órgão em repassar o prazo para maio fará Bolsonaro vetar o projeto.

Os deputados argumentam a necessidade de mais tempo para realizar as declarações em meio à pandemia. O texto já foi aprovado pelo Senado Federal, mas precisou retornar à Câmara após alterações nos artigos.


Você viu?

Os deputados argumentam a necessidade de mais tempo para realizar as declarações em meio à pandemia. O texto já foi aprovado pelo Senado Federal, mas precisou retornar à Câmara após alterações nos artigos.

Calendário de Restituições

Embora a alteração na data para entrega da declaração do Imposto de Renda, a Receita Federal não deve alterar o calendário de restituições, programadas para começar em 31 de maio. No entanto, se sancionado o projeto do Congresso Nacional, há possibilidade de incluir contribuintes prioritários como profissionais da saúde, segurança pública, educação e assistência social, além dos demitidos na pandemia de Covid-19 e os que foram afastados do trabalho devido a sequelas da doença provocada pelo novo coronavírus.

Após a declaração do Imposto de Renda, se o contribuinte tiver como resposta "Imposto a restituir", o valor será devolvido na conta bancária indicada na declaração, de 31 de maio a 30 de setembro, data prevista para o quinto e último lote de restituição.

Confira o calendário dos lotes de restituições

  • 1º lote: 31 de maio;
  • 2º lote: 30 de junho;
  • 3º lote: 30 de julho;
  • 4º lote: 31 de agosto; e
  • 5º lote: 30 de setembro.

Quem tem prioridade para receber a restituição

  • Contribuintes com 60 anos ou mais, com prioridade especial aos que têm mais de 80 anos;
  • Portadores de deficiência física ou moléstia grave; e
  • Contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.