12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Economia

Covid-19 é a principal causa de afastamentos do trabalho pelo INSS

A- A+
source
Desde o começo da pandemia, São Paulo é o estado com mais trabalhadores nessa situação
Foto: O Dia
Desde o começo da pandemia, São Paulo é o estado com mais trabalhadores nessa situação

Um levantamento publicado pelo G1 mostrou que a Covid-19 se tornou a principal causa de afastamentos do trabalho pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com os dados, desde o começo da pandemia, São Paulo é estado com mais trabalhadores afastados, seguido do Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Em 2020, a doença foi a terceira maior causa de concessões do antigo auxílio-doença no país, com 37 mil pedidos. Mas, só no primeiro trimestre deste ano, o número de benefícios já passou de 13 mil, o que tornou a doença como a principal causa dos afastamentos acima de 15 dias.

Em entrevista ao G1, o professor de economia do Insper, Otto Nogami, destacou que os trabalhadores essenciais são os mais afetados. "Nós temos já uma falta de mão de obra qualificada. Principalmente aquela mão de obra que consegue lidar com a tecnologia. Num caso extremo, que essa pandemia atinja exatamente um grupo de mão de obra qualificada maior, isso vai afetar os processos de produção, sem dúvida alguma", diz Otto Nogami.

O país registrou 2.865 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou no sábado (17) 371.889 óbitos desde o início da pandemia. A média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias chegou a 2.917. 

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 13.900.134 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 65.792 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 65.207 novos diagnósticos por dia.