21 de setembro de 2021
Campo Grande 39º 24º

Economia

Exército abre licitação para compra de 200 soldados de brinquedo por R$ 408 cada

A- A+
source
Governo pretende comprar 200 unidades de soldados de brinquedos por R$ 408,67 cada
Deposit Photos
Governo pretende comprar 200 unidades de soldados de brinquedos por R$ 408,67 cada

O Exército Brasileiro abriu uma licitação para adquirir 200 soldados de brinquedo por R$ 408,67 a unidade. Se somados, os valores com a compra dos produtos podem atingir R$ 87 mil. No certame, a instituição ainda tem pretensão de compras de canetas, chaveiros, canecas e outros brindes. A informação é da jornalista Fransciny Alves, do jornal O Tempo .

De acordo com o edital, o Batalhão Mauá de Araguari , no Triângulo Mineiro, pretende comprar 100 kits de churrasco com quatro peças, separadas em maletas de alumínio contendo o brasão do Exército. Se somados, os produtos terão custo de R$ 18,4 mil.

A licitação traz a intenção de compra de outros itens, como materiais fotográficos e brindes . Além de canecas, garrafas e placas, o Batalhão pretende adquirir distintivos, câmeras, flashs e álbuns. A aquisição de 2.730 canetas e 1.400 chaveiros também está previsto no certame.

O edital foi aberto na última quinta-feira (11) e deve ser encerrada nos próximos dias. O valor total investido nos produtos é de R$ 731,8 mil.

Outro lado

Ao jornal O Tempo , o Exército informou, em nota, que os brindes estão sendo adquiridos para o Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR), Seção de Comunicação Social, Centro de Engenharia de Construção (CIEng) e Diretoria de Obras de Cooperação em Brasília (DOC).

Sobre a compra de álbuns e câmeras fotográficas, a instituição justificou o uso do material para eventos externos do 2º Batalhão Ferroviário e afirmou a intenção de "estreitar laços com o público de diversos seguimentos e ajudar na divulgação da instituição no cenário nacional e internacional".  

O Exército ressalta que os valores foram previstos após orçamentos em diversas fontes e levam em conta com o valor máximo que o Batalhão pretende gastas nos produtos. A instituição ainda abriu a possibilidade de desembolsar uma quantia menor, a depender das propostas apresentadas no certame.