01 de julho de 2022
Campo Grande 30º 19º

CUSTO DE VIDA

Governo Bolsonaro quebra o próprio recorde e diesel S10 chega a R$ 7,07 o litro

A gasolina está custando em média R$ 7,27 o litro; veja os dados para Campo Grande

A- A+

O governo de Jair Bolsonaro (PL) quebrou o próprio recorde nesta sexta-feira (20.mai.22), quando o diesel S10 passou a custar R$ 7,07 no Brasil, conforme a pesquisa semanal da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). 

A gasolina está custando R$ 7,27 o litro.

Na semana passada, tanto o diesel quanto a gasolina tinham registrado recordes, de R$ 6,97 e R$ 7,29, respectivamente.

A nova média do diesel representa um aumento de 1,4%.

CAMPO GRANDE

O valor máximo do diesel S10 encontrado pela pesquisa da ANP foi de R$ 8,30. Já o valor máximo da gasolina comum foi de R$ 8,59.

Dados da ANP mostram que nesta sexta-feira o consumidor chegou a pagar R$ 7,19 no diesel S10 (esse valor foi cobrado nos bairros). No Centro da cidade, a ANP diz que o S10 estava sendo comercializado com valor mínimo de R$ 6,69 o litro.  

O diesel comum, conforme o levantamento válido até 21 de maio de 2021, estava sendo comercializado da seguinte maneira:

PREÇO VENDA
MÉDIA 6,942
DESVIO PADRÃO 0,135
VALOR MÍNIMO 6,690
VALOR MÁXIMO 7,190

A gasolina comum chegou a ser comercializada a R$ 7,20 nesta sexta-feira na capital sul-mato-grossense. O valor mínimo desse combustível na capital foi de R$ 6,79. A gasolina aditivada foi comercializada ao valor de até R$ 7,47 na cidade morena. O valor mínimo para esse combustível foi de R$ 7,17. 

O etanol era a altenativa mais barata antes do governo Bolsonaro, entretanto, agora está sendo comercializado a até R$ 5,89 o litro. 

O Gás Liquefeito de Petroleo (GLP), popularmente chamado de "gás de cozinha", está sendo comercializada por até R$ 125 nesta sexta-feira, o recepiente de 13 litros.  

Gás Natural Veicular (GNV) não constou no levantamento recente da ANP.