22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Economia

Méliuz (CASH3) apresenta crescimento na base de usuários ativos no 1º tri

A- A+
source
Méliuz (CASH3) apresenta crescimento na base de usuários ativos no 1º tri
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Méliuz (CASH3) apresenta crescimento na base de usuários ativos no 1º tri

Méliuz (CASH3) apresenta crescimento na base de usuários ativos no 1º tri

A Méliuz (CASH3) divulgou sua prévia operacional para o primeiro trimestre. Entre os números apresentados está o crescimento anual de 226% na base de usuários ativos, que alcançou 7,1 milhões.

O papel fechou o pregão de terça-feira em forte alta de 6,71%, a R$ 29,73, após ter registrado R$ 28,50 na mínima e R$ 29,98 na máxima do dia, com R$ 107,39 milhões em volume negociado. O Ibovespa, por sua vez, terminou o dia em queda de 0,02%, aos 117.499 pontos.

Entre janeiro e março, 2,4 milhões de novas contas foram abertas na plataforma, que fechou o trimestre com um total de 16,4 milhões de contas abertas, alta de 73% em relação ao mesmo período de 2020.

A companhia divulgou ainda que originou mais de R$ 833 milhões em GMV para seus parceiros do marketplace, alta de 91% na base anual.

Em relação a serviços financeiros, destacam-se os números relacionados ao Cartão Méliuz, que atingiu a marca de 4,5 milhões de solicitações no trimestre.

Méliuz (CASH3) apresenta crescimento na base de usuários ativos no 1º tri

Méliuz: Genial Investimentos

A Genial Investimentos colocou os ativos Banco Pan (BPAN4) e Méliuz (CASH3) em revisão de recomendação.

Quanto ao preço-alvo, o primeiro está em R$ 11,24 e o segundo em R$ 27,86, respectivamente. Porém, este valor diz respeito ao preço dos papéis no pregão de ontem, em média, e não ao target da corretora, que deve reposicionar o ativo ainda esta semana, mas usa o número como referência. Ou seja, trata-se de indicação.

A gestora elencou que a Caixa anunciou que sua subsidiária, Caixa Participações, assinou um acordo para a venda de sua participação no Banco Pan.

Você viu?

O BTG pagará R$ 3,7 bilhões no total, correspondentes a R$ 11,42 por ação. O resultado do investimento feito pela Caixa deverá ser de R$ 3,5 bilhões no total, contabilizando dividendos e outras vendas de participação.

"Entretanto, a operação ainda depende de aprovação do Banco Central. As ações subiram 4% ontem. A ação fechou o dia a R$ 11,24 (1,6% abaixo do preço da oferta)", informou.

BPAN4 e CASH3

Com relação à Méliuz (CASH3), a gestora destacou que na prévia operacional do primeiro trimestre de 2021 se faz relevante citar o crescimento do Méliuz Nota Fiscal, um novo produto criado pela empresa, que cresceu 113% o número de usuários que ativaram ofertas em relação ao quarto trimestre de 2020.

"Além disso, houve a expansão também dos produtos "gift card" e "recarga de celular", o que contribuiu para melhorar a retenção dos usuários e o nível de engajamento", disse.

E acrescentou: "continuamos extremamente otimistas. Acreditamos que a inovação presente no DNA da Méliuz seja uma forte vantagem competitiva. O desenvolvimento de novos produtos e o início da presença internacional via Picodi devem contribuir de forma exponencial para o crescimento nos próximos anos."

Veja CASH3 na Bolsa :

alt

  • Só clique aqui se já for investidor

O post Méliuz (CASH3) apresenta crescimento na base de usuários ativos no 1º tri apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .