16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

BRASIL | ECONOMIA

Município assa 1,2 mil costelões ao custo de R$ 338 mil no Pará

O evento 20 toneladas de carne contrasta com a atual dificuldade do brasileiro de colocar o produto na mesa, com a alta dos preços dos alimentos

A- A+

O município de Parauapebas, no sudeste do estado do Pará, fez um churrasco com vinte toneladas de carne, em forma de 1.200 costelões de boi, para celebrar o aniversário de 34 anos, na última terça-feira (10). A celebração causou alvoroço na cidade e nas redes sociais, e chegou a ser chamada de maior churrasco do mundo. A reportagem é da Folha

Segundo o município, que divulgou o evento em suas redes sociais, "o grandioso churrasco", como denominou, "não foi realizado pela prefeitura".

Quem comprou e doou a carne foi uma rede de supermercados da cidade, o Atacadão Macre, que tem tradição em promover churrascos abertos, mas que fez o pela primeira vez em comemoração ao aniversário de Parauapebas. O custo total foi de R$ 338 mil.

Segundo o Atacadão Macre, a carne utilizada é regular, e o volume servido foi adquirido com nota fiscal.
Eles doaram a carne para o churrasco, que foi organizado pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz).

"Toda a carne usada no evento é legal. Compramos da produção de frigoríficos locais, a vigilância sanitária inspecionou. Tudo com nota, podemos comprovar", disse Luciano Sartorio, vice-presidente e diretor de patrimônio do Siproduz.

O 4º promotor de Justiça de Parauapebas, Mauro Guilherme Messias dos Santos, instaurou notícia de fato para levantar informações sobre supostos gastos do município "com o 34º Aniversário de Parauapebas (PA), no que se refere a realização de churrasco com 20 mil quilos de carne".

Procurada, a prefeitura não informou à reportagem se houve algum custo ou empréstimo de equipe e maquinário com recursos municipais.

O evento com toneladas de carne em um churrasco contrasta com a atual dificuldade do brasileiro de colocar o produto na mesa, com a alta dos preços dos alimentos.

A carne é um dos produtos que contribuiu para que a inflação da cesta básica superasse a média de preços no acumulado de 12 meses até fevereiro. Muitos passaram a substituir a carne vermelha por frango e ovos.

"É um show particular deles, e, como o prefeito é gaúcho, quiseram fazer essa homenagem lá para a região dele", disse Sartorio.

A costela de fogo no chão é um tipo de churrasco em que a carne é temperada com sal, colocada no espeto sobre uma camada de brasa e assada lentamente. Além da festa, Sartorio conta que o objetivo era também entrar para o Guiness Book ao promover o "churrascão". No total, ele afirma que foram cinco dias de organização.

A tentativa de entrar para o livro dos recordes, no entanto, foi frustrada. A assessoria da Prefeitura de Parauapebas disse que a organização do Guiness "não teria tempo hábil de ir até cidade".

Com isso, o número de pessoas que participou do "churrascão" ficou em aberto. Contudo, o local onde foi realizado o evento, o Parque de Exposições Lázaro de Deus, tem capacidade para 70 mil pessoas e estava visivelmente lotado.