16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

ELEIÇÕES 2022

Notícia com mais impacto nas eleições não estava nas manchetes desta semana (vídeo)

Bolsonaro não está parado. Está, pelo contrário, trabalhando duro para se reeleger

A notícia com mais impacto nas eleições desta semana não estava nas manchetes, é um plano burocrático pelo qual muita gente passou batido. Mas ele mostra que Jair Bolsonaro (PL) não está parado. Está, pelo contrário, trabalhando duro para se reeleger. Confira no Ponto de Partida, do Meio com Pedro Doria. (YouTube). Ou clique acima.  

Toda essa movimentação política de Bolsonaro ocorre no momento em que o atual presidente levou o Brasil a ter 4ª maior taxa de desemprego entre as principais economias do mundo, isso em 2021, segundo a agência de classificação de risco Austin Rating, que reúne informações sobre mais de 40 países que já divulgaram dados oficiais no 3º trimestre. No ano passado, cerca de 13,7 milhões de brasileiras e brasileiros procuravam emprego no país.

O levantamento mostrou que a taxa brasileira foi mais que o dobro da média global e a pior entre os integrantes do G20 - grupo que reúne os 20 países mais ricos do mundo e a União Europeia.

A taxa de desemprego no Brasil foi de 13,2% no trimestre encerrado em agosto, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o ranking, apenas Costa Rica (15,2%), Espanha (14,6%) e Grécia (13,8%) registraram, em agosto, uma taxa de desemprego maior que a do Brasil.

A pesquisa apontou que a baixa produtividade, a inflação e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) abaixo do esperado são alguns dos motivos para essa posição na classificação. 

Diante do cenário de crise econômica, Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, foram bastante criticados por várias entidades da sociedade civil, movimentos sindicais, sociais e população, por privilegiar o mercado financeiro, a elite brasileira e o lucro dos grandes empresários do agronegócio em detrimento da população brasileira. 

EM 2022 

O Brasil sequer conseguirá retomar os níveis de emprego pré-pandemia em 2022, mantendo a massa de desempregados chegando a 14 milhões de pessoas. A projeção é da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em seu relatório Perspectivas Sociais e de Emprego no Mundo em 2022, divulgado na segunda-feira (17.jan.22).

“Estamos vendo tanto um aumento de desemprego como uma redução do número de pessoas participando do mercado de trabalho”, disse. “Se você agrega esses dois elementos, o que se vê é um sinal de uma situação preocupante no estado de saúde do trabalho”, alertou o diretor-geral da instituição, Guy Ryder.

A agência das Nações Unidas rebaixou a previsão para este ano de recuperação do mercado de trabalho em todo o mundo, mas no Brasil as condições são particularmente piores. O desemprego medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística saiu de 11,9% em 2019 para 14,4% em 2021. Em 2022, ele deverá se manter no patamar dos atuais 13,6%, índice mais de duas vezes superior à média mundial.

Ryder avaliou que, além do desemprego, milhões de brasileiros abandonaram “de forma significativa” o mercado de trabalho e sequer estão buscando mais oferta de vagas. Antes da pandemia, afirmou, 62,2% dos brasileiros estavam no mercado de trabalho. Em 2020, a taxa caiu para 57,3%. Agora, continua abaixo dos índices de 2019, com 59%.

Outra constatação é de que a informalidade aumentou de forma importante na América Latina em dois anos de pandemia. Mas, no caso brasileiro, a crise aprofundou o processo que já vinha ocorrendo antes, de precarização das condições de trabalho.

Para a OIT, é fundamental que as políticas públicas se concentrem em gerar emprego formal em escala suficiente não apenas para absorver a força de trabalho em recuperação, mas também para afastar riscos de um impacto mais profundo na sociedade.

“Não vamos nos recuperar desta pandemia sem uma recuperação de longo alcance no mercado de trabalho. E para ser sustentável, essa recuperação deve ser baseada nos princípios do trabalho decente, incluindo saúde e segurança, igualdade, proteção social e diálogo social”, advertiu Ryder em comunicado oficial.

 

André Puccinelli já passou por 37 municípios mostrando propostas para o futuro
ELEIÇÕES 2022
há 45 minutos

André Puccinelli já passou por 37 municípios mostrando propostas para o futuro

Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados
EVANGELISMO
há 52 minutos

Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados

Professores da UFMS decidem se entram em greve
EDUCADORES
há 58 minutos

Professores da UFMS decidem se entram em greve

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais, é preso após 3 anos
PRINCIPAL SUSPEITO
há 2 horas

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais, é preso após 3 anos

Zezé Di Camargo e Luciano estreiam turnê com Chitãozinho e Xororó
NOSTALGIA
há 2 horas

Zezé Di Camargo e Luciano estreiam turnê com Chitãozinho e Xororó

Samantha Schmütz ataca Juliette Freire: "Ela é artista?"
POLÊMICA
há 2 horas

Samantha Schmütz ataca Juliette Freire: "Ela é artista?"