23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Realinhamento

Novo reajuste dos combustíveis no Carnaval, mas existem promoções na Capital

Reajuste de combustível e derivados começou a valer ontem. A população deve sentir “no bolso” após a ressaca do Carnaval, mas ainda existem opções

A- A+

O Confaz  (Conselho Nacional de Política Fazendária) divulgou tabela de preços de referência dos combustíveis e estabelece mudanças no PMPF (Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final) para todos os Estados e Distrito Federal. Os reajustes já estão valendo desde ontem (16), mas o efeito nas bombas deverá ser sentido somente após a ressaca do Carnaval. De acordo com o Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência) o reajuste ficará entre R$ 0,11 e R$ 0,15 no preço final.

É o quarto aumento realizado desde o início de novembro, quando foi anunciado um aumento de 3% para a gasolina e 5% para o diesel. Em dezembro, o governo informou outro reajuste, desta vez variando em torno de R$ 0,05 por litro. Após a posse para o novo período de governo, com o aumento do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) um novo e pesado reajuste elevou os preços da gasolina em R$ 0,22 e do diesel R$ 0,15.

Para o Mato Grosso do Sul, o preço de referência da gasolina tipo “C” (gasolina comum) passará a ser de R$ 3.5848 contra R$ 3,1415 por litro, em vigor antes do novo ato do Confaz. Para o óleo diesel, o preço de referência passa de R$ 2.4380 para 3.0963. Já o GLP passa de R$ 2.8718 para R$ 3.8627.

Promoções

Em época de economia desaquecida, beirando à recessão, a concorrência deve ficar acirrada em busca do consumidor, e alguns postos, de bandeiras menos conhecidas, têm feito promoções visando atrair e fidelizar os motoristas. O Auto-posto Micheli, na esquina da Avenida Calógeras com Rua Maracaju, no centro, ainda oferece a gasolina a R$ 3,110; etanol a R$ 2,150; e o diesel a R$ 2,877.